Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRIEZAS  E  IMPERFEIÇÕES
            
            QUANDO O PROCEDIMENTO HUMANO É REVELADO PELAS SUAS FRIEZAS E IMPERFEIÇÕES VAMOS CONSCIENTIZANDO, DA NECESSIDADE DE MUTAÇÕES À REGENERAÇÃO, COMO CONCEITO DE UM BEM-VIVER, CRESCER E SE EVOLUIR.

                                       


         CARTA URGENTE PARA VOCÊ REFLETIR:

               
Cumprimos sempre determinados chamamentos. Todos anunciam caminhar, caminhar... buscando em cada recanto, algo que nos espera, quando muitos dão por extintos, os seus próprios recursos para as saídas da vida.

          Sabemos que em cada espaço, há uma vida e em cada vida, uma forma de se corrigir; é a LEI! Ela vigora diante de nós, através dos conceitos e determinações.

          Se estivermos nessa plena correção, nos intimam em buscar e aprender. Sim a nossa imaturidade evolutiva é uma constante.

          Quando evaporamos, "outros' sobrevivem na esfera terrestre; alguns presentes no meio natural, outros em cosmos distintos. Ainda de posse da matéria, uma engrenagem complexa e difícil de mantê-la, nela contido o senso de observar e refletir com liberdade e opções: NUNCA FICAR PARADO! Dai diante de friezas, desânimos, imperfeições vamos tolhendo os nossos atos, atitudes, gestos, comportamentos e maneiras de viver ou pelo menos "conduzir a vida".

          Pensemos:

          A vida é isso, em cada segundo, novas situações (surpresas). Em cada hora um marco. Em cada vida, uma grande escola. 

          De passo a passo, vendo, procurando sempre crescer, concluimos tudo isso...e mais... como a "eternidade da alma".

          -Por que tantas imperfeições? Por que tantas friezas? Por que tantas desigualdades? Por que a ausência do amor universal?

          O verdadeiro elo é a comunhão de nós para com a vida e tudo o que nela existe: a amizade, a família, a compreensão, o companheirismo e principalmente a "natureza", que nos oferece tudo, sem nada cobrar de nós. Nesse círculo sonhamos alto, mas precisamos buscar a simplicidade, a união e a existência do tudo que nos rodeia.

          Sonhamos, filosofamos e até poetizamos... Ainda estamos caminhando nessa estrada e o sol brilha no horizonte. Ele está presente, como luz, no seu interior para fazê-lo viver e sorrir. Ame sempre, do amor vem a paz e ela é toda sua!

          Com todo carinho deixamos o convite:

          
-PROCURE SE AUSENTAR, COM A MÁXIMA URGÊNCIA DAS SUAS FRIEZAS E IMPERFEIÇÕES. SUBSTITUA-AS PELO CALOR HUMANO E RECEPTIVO QUE POSSA ESTAR APAGADO, ADORMECIDO... DENTRO DE VOCÊ MESMO!

                    

CARTA
FONTE:DIVERSO UNIVERSO DE CRÔNICAS
Autor do texto e da imagem - fotos- títulos:  À ESPERA E BOTÕES BRANCOS-
Prof.Roanas -Rodolfo Antonio de Gaspari-
roangas
Enviado por roangas em 04/12/2009
Reeditado em 13/12/2009
Código do texto: T1960288
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio

Comentários

Sobre o autor
roangas
Porto Ferreira - São Paulo - Brasil, 73 anos
319 textos (74506 leituras)
36 áudios (5966 audições)
8 e-livros (1406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/21 05:24)
roangas

Site do Escritor