Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHAS MEMÓRIAS ( 17 ) - UMA NOITE INESQUECÍVEL

 

Minhas memórias ( 17 ) - Um verdadeiro amigo de verdade...



Com certeza ao relatar tantos casos de amor... me acham mal exemplo para qualquer situação que ocorra entre nós seres humanos que nos apaixonamos de vez em quando... mas somos nós alguém que sem que possamos ser de total confiança jamais convidariamos para ser algo mais em nossas vidas!!!

Foi assim como cupido que a minha amizade com toda a família dessa secretária da diretoria da FEI PUC nos fez cativos por longa data, e acredite oito anos se passaram e eu já tinha duas filhas gêmeas do meu primeiro casamento e como tinha o telefone dela...

- Oi querida amiga... tudo bem??? disse eu a ela e estava telefonando da Rodoviária do Tiete em São Paulo ... regressando de uma viagem a trabalho para passar o Natal com a familia...

- Não querido... se pudesse dava um tiro no meu ouvido!!! diz ela... chorando...

- Mas o que aconteceu... que está querendo dar um fim a sua vida??? perguntei...

- Casei e tenho dois filhos gêmeos!!! diz ela...

- Que coincidência também tenho duas filhas gêmeas!!! digo eu a ela...

- Dá para você vir a Campinas... para a gente conversar??? pergunta ela...

- Claro que dá ... estava comprando a passagem para ir a Atibaia... pois a minha esposa e filhas estão na casa do sogro e eu iria para Sorocaba onde moro... mas ela avisou que pegou uma carona com meu cunhado o irmão dela e estão lá em Atibaia a minha espera!!! digo a ela... já preocupado com a situação dela naturalmente...

- Então vem até aqui se puder... pois estou perdida e nem sei o que faço!!! diz ela no telefone..

- Me dá o endereço que assim que chegar pego um taxi e vou até ai... vou cancelar a passagem que comprei para ir a Atibaia... ou tranferi-la para outro dia... e estou comprando uma passagem para Campinas!!! confirmo a ela...

- Obrigada querido... você e o meu anjo da guarda!!! responde ela...

Assim preocupado durante a viagem pois agora teria que ter uma boa desculpa para dizer a minha esposa que me atrasei de ir para casa por um motivo justo e pela amizade a alguém que sempre considerei como uma irmã apesar de que sempre fui realmente um irmão mais velho para ela... talvez um anjo da guarda a essa menina linda hoje mulher e mãe de gêmeos...

Ao chegar em Campinas peguei o primeiro taxi da fila... e segui ao endereço dela... que ao chegar já tinha autorização de subir com o porteiro que me anunciou a ela pelo interfone...

- Boa noite querida!!! Desculpe se atrasei... mas tive que esperar uma hora a mais na rodoviária para pegar um ônibus extra devido o Natal...

- Nossa que situação que te coloco... ias para sua casa encontrar com sua esposa e suas filhas gêmeas e veio aqui me atender.... diz ela ainda chorando ... e me explica tudo que aconteceu... pois o pai dos filhos dela simplesmente a abandonou e não deixou nem endereço para onde fora... e durante todo o tempo ela sem emprego não tinha nada para as crianças que tinham naquele momento apenas 4 anos e a espera do Papai Noel que esse ano não viria mais!!!

Com certeza não sou o papai noel... nem mesmo o titio Noel... mas eles me aceitaram como se fosse pois a carência das crianças por um pai ausente com certeza um amigo da mãe passar ser um ser humano maravilhoso que quer ajuda-los a passar um Natal mais feliz...

Assim desci até uma loja e fomos buscar comida para aquela noite de Natal que pelo menos pudessemos festejar com alguma comida... sem brinquedos para os filhos devido o papai ausente... e claro depois do jantar os meninos foram dormir em seu quarto... e eu fui com ela para o quarto dela... para conversarmos...

- Nossa há quantos anos que a gente não se fala pessoalmente??? diz ela..

- Oito anos... querida... você se casou... e nem foi o Nelson a sua paixão dos bons tempos da faculdade!!!! digo eu...

- Pois é querido com certeza se fosse o Nelson por mais que brigassemos com certeza jamais me abandonaria com dois filhos pequenos!!! confessa ela de não ter tido a sorte de casar bem...

- Tudo bem querida... vou poder ficar até amanhã contigo aqui serei teu colo e pode desabafar comigo pois sou teu cupido e hoje seu anjo da guarda... e vou deixar algum dinheiro para tuas despesas e compras para seu final de ano... digo eu a ela...

- Não querido...não quero seu dinheiro... quero apenas a sua  companhia... pois vou começar a trabalhar como secretária do Curso Anglo aqui em Campinas a partir de janeiro... e já pedi um adiantamento que eles prometeram me depositar... e com certeza o diretor é meu amigo... ex aluno da FEI PUC também... como tu... mas não tenho essa liberdade que tenho contigo...

Assim após ela e eu tomarmos nosso banho ... eu deixei ela dormir no meu colo triste mas agora menos desesperada... e claro que a nossa noite foi diferente dos que vocês possam imaginar... e assim que ela dormiu no meu colo a cobri... e coloquei o travesseiro dela no meu lugar... e como bom amigo e parceiro ou talvez ainda cupido dessa história toda... fui para a sala e dormir  ali sozinho pensando na minha esposa e as duas filhas a minha espera... que no dia seguinte peguei outro taxi fui para rodoviária... e comprei uma passagem de volta a Sâo Pàulo e outra para Atibaia... chegando apenas no dia de Natal ... dia 25 de dezembro ... as 15 horas da tarde sem uma boa desculpa... para dar as minhas filhas gêmeas sem que elas se zangassem... mas a minha esposa que é psicologa percebeu que estava mentindo que não havia tido um motivo de vida e morte... e talvez tenha salvo a minha amiga secretaria de não ter feito uma besteira numa noite de Natal... e claro confessei tudo a minha esposa que não poderia deixar de atender tal pedido...



Nota do autor:- Com certeza jamais a minha esposa pela minha fama de conquistador e de tal vida promiscua que tive antes do meu casamento com ela não teria acontecido algo mais entre eu e a minha amiga naquela noite de Natal em Campinas!!!! Você acreditaria em mim??? Duvido que você não aproveitaria a chance de fazer amor com tal mulher desesperada??? Será que valeria a pena ???

Ivan Tadeu dos pobres
Enviado por Ivan Tadeu dos pobres em 07/03/2021
Reeditado em 07/03/2021
Código do texto: T7200335
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Ivan Tadeu dos pobres
Praia Grande - São Paulo - Brasil, 76 anos
5072 textos (79151 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 23:26)
Ivan Tadeu dos pobres