Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHAS MEMÓRIAS ( 14 ) - NOVOS TRABALHOS E OUTRAS OPÇÕES



Minhas Memórias ( 14 ) - Novos rumos em minha vida...



Até então sempre atuei com a área produtiva e jamais controlando a qualidade do produto, e assim novo desafio em aprender como ser rigoroso e atencioso as normas de qualidade da matéria prima desde a entrada do material na empresa até o produto pronto em que somos avaliados se somos bons profissionais ou não...

Nem sempre a aparência de um belo produto possa ser tal o pão belo por fora e bolorento por dentro, e talvez por ser neto de japonês, o meu chefe me deu a incumbência de fazer cursos externos principalmente no Instituto de Tecnologia da Aeronáutica ou exatamente o ITA e lá fui eu e um colega engenheiro argentino... durante um mês de curso de ida e volta até São Jose dos Campos, onde o curso era efetuado exatamente no ITA...

Como já tinha um amigo que já trabalhava na área de Motores do Centro Técnico de Aeronáutica foi uma excelente oportunidade de voltarmos aos velhos tempos que estudamos juntos na FEI PUC e ele era também o padrinho de batismo de uma das gêmeas... e assim já eramos amigos dos bons tempos...

Enfim fizemos o curso no ITA onde a tal qualidade é imprescindível pois o avião não tem acostamento para parar e arrumar as turbinas e seguir a viagem... é com certeza uma tragédia se tiver um só motor por isso a segurança maior é sempre ser passageiro de um avião pelo menos de dois motores... pois um deles é suficiente pelo menos para descer... um só pode até ajudar a subir mas com deficiências e nem todo mundo tem um piloto que saiba descer num rio e salvar todos mesmo no inverno nos Estados Unidos, acredito que lembram do heroi piloto Chesley Sullenberger que desceu com um Boeing em pleno rio Hudson e ainda a empresa que fabrica o avião queria processa-lo mesmo salvando todos os passageiros alegando que a turbina interna poderia ajudar a descer mas quando fizeram em pleno julgamento o simulado provou que não conseguiria aterrar normalmente no aeroporto!!!

Assim amigos a qualidade passou a ser a minha bandeira a partir dessa data e sempre atuando condignamente de ir in loco verificar se o cliente montou corretamente o equipamento que dava problemas com a sua tampa de proteção em 4 máquinas que comprara.... e assim ao viajar até Catalão na Goiasfertil descobri que o montador trocou as tampas das máquinas e uma delas ficou folgada e outra foi danificada totalmente devido as engrenagens baterem na tampa erradamente colocada naquele equipamento. Naturalmente o conserto total da tampa ficou por conta do cliente que após colocar a tampa correta não ficou tão bonita devido o remendo da peça danificada!!!

Ate por conhecimento de ler muito sabia que se o Chevette quebrasse o vidro dianteiro numa viagem ... bastava tirar o vidro traseiro e coloca-lo na frente e continuar a viagem mesmo na chuva bastando colocar um plástico no local do vidro traseiro... e foi assim numa viagem a São José dos Campos tivemos a infelicidade durante uma chuva o caminhão da frente com uma pedra presa em sua rodagem devido a velocidade ao desprender do pneu virou uma bala de pedra... que explodiu a nossa frente e tivemos a feliz ideia de apenas retirar o vidro traseiro e colocar na dianteira e seguir viagem até o curso em São José dos Campos!!!

Com certeza tais cursos nos fizeram excelentes profissionais da área da qualidade que a partir dessa data sempre tive excelentes trabalhos inerentes a qualidade e qualificação como também Inspetor de Solda Nivel 2, e atuei como responsável em aprovar caldeiras e vasos de pressão que em caso de falhas pode destruir um quarteirão e matar muitos funcionários muitas vezes envolvidos nas proximidades e isso nos dá uma responsabilidade maior em sua liberação com ensaios de gamagrafia em todas as soldas efetuadas...

Jamais podemos falhar como inspetores nessa área de responsabilidade pois vocês já viram o que acontece quando explode uma caldeira de pressão... além do prejuizo a nossa qualificação fica suspeita mesmo que possamos já estar distantes e há muitos anos de sua fabricação pois as manutenções corretivas nem sempre são adequadas e nem são solicitadas tais inspeções de qualidade onde podem existir tais falhas que poderão levar aos ares muitos bons funcionários inocentes da empresa por um serviço negligente do responsável pela utilização da Caldeira de pressão!!!

Nota do autor:- Em 30 anos de serviços nessa área, jamais tive problemas mas tive clientes que acham que sou muito exigente e isso me faz sentir que estou cumprindo o meu dever de ser não apenas um bom engenheiro de segurança bem como um Inspetor e fiscal de que um bom trabalho bem feito é a minha responsabilidade e isso jamais deixo passar nada em branco... documento tudo que acontece durante todo o processo de fabricação para que futuramente o meu cliente conheça não apenas o meu serviço mas que seu equipamento está seguro até a próxima manutenção que sempre deixo o meu telefone para que me convoquem que será um prazer executar nova inspeção após o serviço executados com as regras de um trabalho com qualidade e segurança!!!



 
Ivan Tadeu dos pobres
Enviado por Ivan Tadeu dos pobres em 06/03/2021
Reeditado em 06/03/2021
Código do texto: T7199592
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Ivan Tadeu dos pobres
Praia Grande - São Paulo - Brasil, 76 anos
5072 textos (79151 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 22:48)
Ivan Tadeu dos pobres