Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
ANTIDIÁRIOS DE JUNHO XXVI
Publicado por: Marlos Degani
Data: 27/06/2020
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
TÍTULO DO POEMA: ANTIDIÁRIOS DE JUNHO XXVI
AUTORIA E INTERPRETAÇÃO: MARLOS DEGANI


Texto

ANTIDIÁRIOS DE JUNHO XXVI

Eis aqui um testamento inócuo — sem herdeiro ou espólio;
não espere dele nada de concreto e nem ouro e nem dólar.

O que temos de pôr na mesa nunca interessou aos homens:
repetidos não poemas de muitos versos repletos de ontens.

Quantos já fomos dentro de nós mesmos? E os mil horizontes
de um ser novo para cada novo pensamento? Cai oca a noite

e tudo se modifica no motor do tempo ao redor da fornalha de seus movimentos. Somos inéditos e inúmeros neste teatro

sem ensaios marcados — e sem cachê ou elenco preparado —
e me escoro na coxia do intervalo e de toda a sua luz apagada.

Ninguém deseja esta nuvem elétrica e o seu chumbo pesado.
Peça aquela cerveja gelada. Relaxa. E acenda o meu cigarro.
Marlos Degani
Enviado por Marlos Degani em 27/06/2020
Código do texto: T6989318
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Marlos Degani
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil, 51 anos
247 textos (1166 leituras)
78 áudios (578 audições)
1 e-livros (12 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 15:41)
Marlos Degani
Rádio Poética