Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Sem Tempo
Publicado por: alexandre montalvan
Data: 11/01/2014
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
poesia sem tempo
autor e locutor alexandre montalvan
fundo musical Relax Violin Music

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Texto

Sem Tempo



pedras despencam dos céus
brancas bolas de bilhar
rolando espessas a brincar
enfurecem como as ondas do mar

olhos contemplam as nuvens de gelo
o medo se estampa em cor
vermelho azul verde e amarelo
na tez escancara o rubor

sinergia no ato a escrever poesia
com miseras tintas escuras
com a gravidade da mão
que apenas queria
externar nostalgia de uma chuva vazia
sem tempo

jorra a solidão das chuvas
jorra no asfalto negro escaldante
com pedras como fossem uvas
uvas sementes na chuva incessante
lavam as ruas do tempo

e molham as faces do tempo
de fomes
sem tempo
sem tempo para olhar
para uma palavra
sem tempo
lavam as ruas
sem tempo
sem tempo
para chorar

alexandre
alexandre montalvan
Enviado por alexandre montalvan em 11/01/2014
Código do texto: T4645507
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
alexandre montalvan
São Paulo - São Paulo - Brasil
690 textos (30540 leituras)
302 áudios (8344 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 13:05)
alexandre montalvan
Rádio Poética