Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Sabedoria ou estultícia?
Publicado por: oliprest
Data: 14/04/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Título: Sabedoria ou estultícia?
Autor: Oli Prestes
Voz: Oli Prestes

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oli de Siqueira Prestes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

SABEDORIA OU ESTULTÍCIA ?

Há quem se considere entendido devido ter adquirido conhecimento e habilidade para operar certos equipamentos e máquinas, ou ainda por saber como fazer certas coisas. E, se valendo do conhecimento e habilidade adquiridos, usam-na para finalidades egoístas e divergentes de finalidade altruísta, praticando fraudes e falcatruas.

No fim da minha adolescência, quando em São Paulo, li uma obra de um delegado, onde ele discorria sobre as formas como agem os meliantes nas grandes cidades. Ele discorreu sobre o uso de crianças como pedintes bem como sobre falsos corretores de terras, que vendiam pretensos lotes de terras inexistentes em Mato Grosso. Na sua obra ele dizia que existem muitas pessoas inteligentíssimas nos presídios, mas que só usam as suas sabedorias para dar golpes. São falsários, estelionatários, fraudadores, etc.

Parece que em toda profissão ou ocupação existem bons e maus profissionais, sendo, portanto, vias de mão dupla, ou de mão e contramão.

Enquanto na medicina existem os profissionais que servem como agentes do bem estar e que buscam cooperar para a manutenção da vida e da qualidade desta, existem aqueles que só visam os seus próprios interesses e chegam a ser agentes da morte. E que tem também o título de doutor: “Doutor morte”.

Apesar de tão conhecidos chavões de que não existe crime prefeito e de que o crime não compensa, ainda assim muitos continuam a enveredar pela senda do crime, pensando que as suas ondas não irão quebrar, que a sua pranchar não afundará, que a praia é utópica, ou que os céus não vigiam.

Nestes dias, com o advento da internet, quando o mundo se tornou uma aldeia global, e os seus aldeões parceiros em tudo, surgiram os “hakers”. Visitantes indesejáveis que além de estragarem a festa, ainda saqueiam a ceia. E alguns, não satisfeitos com o que comem, ainda levam tudo o que podem de pertences, quando não defecam sobre a mesa do banquete ou picham o ambiente. Outros, não satisfeitos com o fato de ter chegado onde não foram convidados e nem desejados, assaltam os convivas e lhes tiram as roupas, deixando-os nus em pleno inverno. São cruéis mesmo. E como ratos que são, não assinam o livro de presença, antes deixam as suas impressões digitais, como analfabetos (ignorantes) que são. Por onde são rastreados e descobertos.

E como a mídia faz alarde sobre as suas peripécias, outros acabam sendo tentados a querer penetrar no banquete para o qual não foram convidados.

Essas estrelas errantes são atraídas pelo grande buraco negro que, qual roda moinho, lhes atraem para esse mar de lama do qual não há saída. Pois existe alguém por detrás dessa mente considerada brilhante, mas que refulge devido a combustão do gás que desprende e que forma calda brilhosa qual um cometa, pois não tem consistência, só fantasia.

E esse alguém é aquele de quem disse Deus:
"És mais sábio do que Daniel, e segredo algum se pode esconder de ti." Ez. 28:3. Entretanto, não obstante a sua grande sabedoria, isso não evitou a sua queda, não sem antes aliciar um terço dos anjos do céu.
Inteligência é ser honesto e não cair na tentação e passar na prova, e não fraudar, e não extorquir. Quem é inteligente não precisa fraudar nem roubar, muito menos cobiçar. Pois a cobiça gera a morte do seu possuidor. Quem rouba ou frauda não é inteligente, mas tolo, e o seu ventre vomitará tudo o que furtou.

Pense nisso! Resista à tentação!
 
oliprest
Enviado por oliprest em 15/10/2010
Reeditado em 07/04/2012
Código do texto: T2558076
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oli de Siqueira Prestes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
oliprest
Manaus - Amazonas - Brasil, 69 anos
3079 textos (288327 leituras)
326 áudios (4711 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 09:15)
oliprest

Site do Escritor
Rádio Poética