Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
ChicoDoCrato-MarceloCBarbão-Aamada
Publicado por: ChicoDoCrato
Data: 11/10/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
ChicoDoCrato-MarceloCBarbão-Aamada
http://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/
Marcelo C. Barbão, – Letra, ChicoDoCrato – Música, voz, violão, sintetizador e Arranjo.
AosMeusfilhos, Manuel(Oceânografo), Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina, Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity 100 Ritmo 052 + 40 em Sí – , Gravação caseira – gravar em estúdio
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia etc.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ( Todos os direitos aos meus filhos e netas e parceiros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

ChicoDoCrato-MarceloCBarbão-Aamada

ChicoDoCrato-MarceloCBarbão-Aamada
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/84526
Marcelo C. Barbão, – Letra,  ChicoDoCrato – Música, voz, violão, sintetizador e Arranjo.
AosMeusfilhos, Manuel(Oceânografo), Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina, Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity 100 Ritmo 052 + 40 em Sí – , Gravação caseira – gravar em estúdio
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão. A proteção anticópia é ativada.

Ventura, que iguala aos deuses,
Em meu conceito, desfruta
Quem, junto de ti sentada,
As doces falas te escuta,
Goza teu mago sorrir.

Quando imagino em tal gosto
ë minha alma um labirinto;
Expira-me a voz nos seus lábios;
Nas veias um fogo sinto;
Sinto os ouvidos zunir.

Gelado suor me inunda;
O corpo se me arrepia;
Foge-me as cores do rosto,
Como ao vir da quadra fria
Entra a folha a desmaiar.

Respiro a custo, e já cuido
Que se esvai a doce vida!
Arrisquemo-nos a tudo...
Contra uma angústia insofrida
tudo se deve tentar. ...

Toca, minha amiga,
as cordas puras da tua lira.
Já a idade fez secar meu corpo,
embranquecendo-me os cabelos que eram pretos,
tornando-me os joelhos mais que frouxos.

E agora, ó companheira amada,
querem levar-te para longe do meu peito,
como fazem também às jovens corças.

Adoro, mais que tudo, a flor da juventude.
Meu coração apaixonou-se pelo sol,
meu coração apaixonou-se pela beleza.

Igual aos deuses me parece
quem ao teu lado sentar-se,
quem saboreia a tua voz
mais as delícias desse riso.

quem me derrete o coração
e o faz bater sobre os meus lábios.
Assim que vejo esse teu rosto,
quebra-se logo a minha voz,

seca-me a língua entre os dentes,
corre-me um fogo sob a pele,
 ficam-me surdos os ouvidos
e os olhos cegos de repente.

Torna-se líquido o meu corpo:
transpiro e tremo ao mesmo tempo.
Vejo-me verde: mais que a erva.
Só por acaso é que não morro.

Mergulha o teu corpo nesta água clara;
veste-lhe a brancura de açafrão e púrpura;
e o bordado brilho que há na tua túnica
aumente a beleza que me é tão cara...

Bis
A morte não é um bem.
Os próprios deuses o sabem.
Eles preferiram viver...

ChicoDoCrato e Marcelo C. Barbão
Enviado por ChicoDoCrato em 11/10/2019
Reeditado em 11/10/2019
Código do texto: T6767145
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ChicoDoCrato
Salvador - Bahia - Brasil, 63 anos
910 textos (18637 leituras)
915 áudios (17918 audições)
44 e-livros (1482 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/19 17:57)
ChicoDoCrato
Rádio Poética