Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
ChicoDoCrato-RobertoFreire-ParaQuemAindaVierAmeAma
Publicado por: ChicoDoCrato
Data: 22/09/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
ChicoDoCrato-RobertoFreire-ParaQuemAindaVierAmeAmar
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes
ChicoDoCrato, Música, Voz e Violão, Arranjo, Mixagem e adaptação do texto-poema de Roberto Freire – do Livro Ame e dê Vexame.
AosMeusfilhos, Manuel(Oceânografo), Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina, Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity110 Rítmo 000 + em Mí-.. Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação etc.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ( Todos os direitos aos meus filhos e netas e parceiros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

ChicoDoCrato-RobertoFreire-ParaQuemAindaVierAmeAmar

ChicoDoCrato-RobertoFreire-ParaQuemAindaVierAmeAmar
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/84337
ChicoDoCrato, Música, Voz e Violão,  Arranjo, Mixagem e adaptação do texto-poema de Roberto Freire – do Livro Ame e dê Vexame.
 AosMeusfilhos, Manuel(Oceânografo), Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina, Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity110  Rítmo 000 + em Mí-.. Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão.  A proteção anticópia é ativada.


Quero dizer que te amo só de amor. Sem idéias, palavras, pensamentos.
Quero fazer que te amo só de amor. Com sentimentos, sentidos, emoções.
Quero curtir que te amo só de amor. Olho no olho, cara a cara, corpo a corpo.
Quero querer que te amo só de amor. São sombras as palavras no papel.
Claro-escuros projetados pelo amor, dos delírios e dos mistérios do prazer.
Apenas sombras as palavras no papel.

Ser-não-ser refratados pelo amor no sexo e nos sonhos dos amantes.
Fátuas sombras as palavras no papel.
Meu amor te escrevo feito um poema de carne, sangue, nervos e sêmen.
São versos que pulsam, gemem e fecundam.
Meu poema se encanta feito o amor dos bichos livres às urgências dos cios e que jogam, brincam, cantam e dançam fazendo o amor como faço o poema.

Quero da vida as claras superfícies onde terminam e começam meus amores.
Eu te sinto na pele, não no coração.
Quero do amor as tenras superfícies onde a vida é lírica porque telúrica, onde sou épico porque ébrio e lúbrico.
Quero genitais todas as nossas superfícies.
Não há limites para o prazer, meu grande amor, mas virá sempre antes, não depois da excitação.

Meu grande amor, o infinito é um recomeço.
Não há limites para se viver um grande amor.
Mas só te amo porque me dás o gozo e não gozo mais porque eu te amo.
Não há limites para o fim de um grande amor.
Nossa nudez, juntos, não se completa nunca, mesmo quando se tornam quentes e congestionadas, úmidas e latejantes todas as mucosas.
A nudez a dois não acontece nunca, porque nos vestimos um com o corpo do outro, para inventar deuses na solidão do nós.
Por isso a nudez, no amor, não satisfaz nunca.

Bis
Porque eu te amo, tu não precisas de mim.
Porque tu me amas, eu não preciso de ti.
No amor, jamais nos deixamos completar.
Somos, um para o outro, deliciosamente desnecessários.
O amor é tanto, não quanto.
Amar é enquanto, portanto.
Ponto.
ChicoDoCrato e Roberto Freire
Enviado por ChicoDoCrato em 22/09/2019
Reeditado em 22/09/2019
Código do texto: T6751473
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ChicoDoCrato
Salvador - Bahia - Brasil, 63 anos
908 textos (18603 leituras)
913 áudios (17892 audições)
44 e-livros (1476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/11/19 02:12)
ChicoDoCrato
Rádio Poética