Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Ser mulher exige mimos, detalhes ou riscos. Mesmo as que fantasiam pra ter tesão pra agradar e conseguir prazer. Assim ser arisca é possível, vira máquina sexualizada com roupa justa demais e com ôvo na boca, pensa agradar um instante ou se torna ilusão demais na cama. E ser mulher longe dessas frescuras está a ficar raro hoje em dia. As de antigamente - que ainda deveriam existir pra desassossego dos homens tolos - são de um nível que nenhuma agora consegue almejar, ao menos no Ocidente que se diz progressista. Inocente, sabida, deliciosamente ingênua por atacado, mimosas, elas são quase sempre impossíveis de achar. Frágeis borboletinhas em meio a tantas mariposas sensuais...
Ficar mulher é fácil. Nada de exageros de travestis, daqueles que são terríveis e efêmeras tentativas e que só amam fantasia ou mau decôro.
Alguns transexuais conseguem ser naturalmente mulher, possuem o dom da felicidade última ( se quiser ). Basta operar simplesmente e veremos que sexo nada tem a ver com orgãos meramente extirpados ou verdadeiros. Está na cabeça, na oposição da alma feminina que luta, o que somos dentro, futuras mães - falsas ou decaídas, tanto faz, mas são MULHER - deste mundo sem amôr verdadeiro. O preconceito e a plena ignorância ficam alertados nos paises baixos dos idiotas incrédulos, que se sentem ofendidos por afetação e isso impera até o presente entre os homens enjoados. Ainda se opera grandes transformações no mundo futuro!
Um transexual pode ser mulher sim, mudada ou não, não importa quais sejam os imperativos das modinhas, da sociedade e da racionalidade. E ser mulher lésbica ( bi ou não ) em nada altera essa equação...somos todas mulheres, por dentro e por fora,. O resto é pura sagacidade. Mulheres que ainda vivem da desilusão do corpo, dos apetites intensos, trapaceiam no jogo de seduzir seminuas, e que se fazem escravas do "it" feminino bobinho, que idolatram o sexo demais; todas estas desaparecem no esteio da História - e são pouco lembradas mesmo.
Mas gostar de alguém para se completar num mundano terreno do casamento ou de uma relação já é outro fator complicador. Amar de verdade é o mais complicado, longe de regras ou inverdades, exigindo sofrer e padecer no coração. Ter amôr diferente do usual tambem transtorna a tudo. Contudo é preciso tentar, revoltar, evoluir. Jamais se importar com outros que castigam condutas é o primeiro passo. Sendo mulher, nosso lado se entrega demasiado fácil, por vezes se iludindo demais...
O parecer mulher é outro engano. Não dá. Travestis e Drags se esforçam como macaquitos imitadores da mulher original. Mas que os deixemos de lado e vivam suas vidas. Necessário dizer que falta a estes o amor materno incomparável, a aceitação do sofrer humano de mulher, de um coração feminino que abraça filhos, irmãos ou pais naturais. Para ser mulher assim, querida e conceituada, é fácil demasiado. Basta ter um apetite sem fim e um prazer hedonista infinito pra cair fácil fácil nas mentiras, farsas e fantasias sem nivelamentos. Mulher gosta da plácida alegria de ser assim, atormentada ou não, com afeto verdadeiro, caída no mundo dos homens tôlos e tem que batalhar pra não desviar-se do amôr, da compaixão - agradar sempre visualmente sem tropeços ou ir à luta por seus direitos diários! O resto que existir falsamente é desilusão que fatalmente soçobra na mediocridade. Borboletinhas mutantes do porvir que doravante exigem respeitabilidade completa! Talvez isso ou não."
Jurubiara Zeloso e Francisco Carlos Amado - pai-mãe de avatares
Enviado por Jurubiara Zeloso em 19/05/2017
Reeditado em 19/05/2017
Código do texto: T6003480
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Jurubiara & FCA - outono de 2017) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Jurubiara Zeloso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
2148 textos (15655 leituras)
1 áudios (56 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 10:01)
Jurubiara Zeloso

Site do Escritor