Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor, não é amor, é socialização

Apesar de eu achar lindo esse conceito de amor idealizado pela “busca do sentido da vida” dos seres humanos, consagrado através de filosofias religiosas e eternizado por meio de canções e escritos de poetas, eu não acredito nessas concepções fantasiosas que a todo momento são disseminadas como verdade na mídia, em especial, na internet:

Amor é começo, meio e fim. Amor é comportamento, atitude, doação irrestrita.  Um amor vai curando o outro até que a gente encontre um que não machuque, que não maltrate e que não deixe o próximo existir. O verdadeiro amor nunca se desgasta, quanto mais se dá, mais se tem. Amor verdadeiro é aquele que o vento nunca leva e a distância nunca separa. Abraço apertado é gesto de amor. Amor é quando você se apega a uma pessoa e começa apreciá-la. Amor é cuidar, proteger, conservar. Amor é prioridade. Amor é uma palavra cujo significado somente duas almas podem sentir. O amor é um desejo irresistível de ser irresistivelmente desejado – entre outros.

Veja bem, se você analisar criticamente as conceituações acima, você não terá dificuldade de perceber que todas as definições mencionadas colocam o indivíduo como um ser carente que necessita de coisas (sentimento de pertença, afeto, respeito, aproximação, reciprocidade, segurança, colo, carícia etc) e de outras pessoas para alcançar a plenitude.

Isto é muito verdade, tanto que inúmeros estudos e pesquisas confirmam que o homem é um bicho social em desenvolvimento que depende naturalmente de outro ser social não só para perpetuação da espécie, mas também para usufruir a sua curta existência de vida de forma plena, completa, feliz.

Voltamos ao início, como eu afirmei nas primeiras linhas deste texto, eu não acredito nessas concepções fantásticas de amor que é propagandeado por aí, isto porque os fatos mostram que isso que as pessoas rotulam como amor, na realidade não é amor, é um processo biológico...natural que faz com que os indivíduos busquem através das relações sociais a tão almejada plenitude.

Assim sendo, se isso que as pessoas entendem como amor, não é amor, é socialização, o que vem a ser amor de fato?

Artigos que apoiaram essa escrita:

O Homem é um animal social
https://projetophronesis.wordpress.com/2009/01/10/o-homem-e-um-animal-social-aristoteles/

Socialização
https://alunosonline.uol.com.br/sociologia/socializacao.html

Homem, animal social ou politico?
https://farofafilosofica.com/2018/05/29/o-homem-animal-social-ou-politico-por-hannah-arend/
Marco Bueno
Enviado por Marco Bueno em 27/08/2019
Código do texto: T6730672
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Bueno
Carapicuiba - São Paulo - Brasil, 46 anos
56 textos (2955 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 01:25)
Marco Bueno