Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CPF cancelado, humanidade cancelada

Comemora-se o resgate de vidas. Comemora-se que o sequestro tenha terminado sem morte entre as vítimas. Comemora-se que a polícia tenha evitado uma tragédia maior.

Mas comemorar que o sequestrador tenha sido morto...Como alguém fica feliz pela morte de outra pessoa? Se somos indiferentes em relação a morte e a violência, nossa diferença para os bandidos é o lado em que nos encontramos.

Já vi famílias que comemorarem a condenação de um assassino de um parente. Apesar da perda irreparável tiveram justiça. Será que a vingança pela morte teria feito melhor a estas famílias?

Como é se sentir feliz com a morte de alguém? Não dizem que Che era um assassino, Stalin...O crime se define como tal, não pelo ato em si e suas vítimas, mas por quem e contra que o pratica.

Alguem desejou o cancelamento do CPF dos militares que deram 80 tiros em carro com uma familia dentro? Quem estava no carro, onde dirigia e quem puxou o gatilho? Nenhuma comoção e ninguém desejando o cancelamento dos CPF dos assassinos fardados.

Cansa estas redes sociais de nos esfregar a cada comentário, postagem, twiiter como o brasileiro é degradado moralmente. Tentamos acreditar que é um engano, que é força de expressão ou desinformação.

Não é. É a podridão moral, babaca, cínica, sociopata andando nua e petulante sem vergonha e culpa, mas desaforada e criminosa se tiver oportunidade.

Não se trata de ter dó de bandido. Não se trata de vitimização do criminoso. Se trata da minha dificuldade de entender como a morte de alguém pode alegrar uma pessoa e esta se considerar cristã e boa gente.

Chego a pensar se alegria teria sido menor se ele tivesse se entregado.
Wendel Alves Damasceno
Enviado por Wendel Alves Damasceno em 20/08/2019
Reeditado em 20/08/2019
Código do texto: T6725066
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wendel Alves Damasceno
Barbacena - Minas Gerais - Brasil
308 textos (9521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 11:23)
Wendel Alves Damasceno