Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pai indica filho para ser embaixador

Nesta quinta-feira (11), o presidente Jair Bolsonaro escolheu seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, para ser embaixador nos EUA.

Pode parecer uma piada de mal gosto, mas não é caro leitor, e não pense que Eduardo frequentou o Instituto Rio Branco.

Escola diplomática do Brasil, que é uma das melhores do planeta.

Em sua defesa, ele diz ser qualificado para o cargo: morou em terras estadunidenses e fritou hambúrguer.

Para Bolsonaro pai, o filho reúne condições para o posto.

Por sua vez, Olavo de Carvalho, guru da atual gestão, foi duro e se mostra contrário à recomendação.

Por outro lado, todo mundo sabe que cabe ao Senado aprovar ou não a escolha de Eduardo para o posto.

É preciso aguardar...

Pode parecer meritória, à primeira vista, a iniciativa do presidente em indicar seu filho para ser embaixador.

Mas não é, aliás, é um nepotismo inaceitável, antiético e imoral.

A realidade dos fatos: fritar hambúrguer nos EUA, não qualifica ninguém para ser representante diplomático em outro país.

Ao indicar o filho, o presidente joga no lixo os critérios técnicos, que norteiam e justificam uma nomeação.

Em resumo, a cada dia que passa, Bolsonaro pai perde a conexão com a sociedade, ou melhor, essa é mais uma piada ridícula com o contribuinte.

Quanto a Eduardo, ninguém pode negar que não se comunica bem, não conhece geopolítica e história...

E tem mais ainda, não fala os três idiomas que são exigidos de um embaixador.

Pergunta que não quer calar: afinal de contas, para que serve mesmo o Instituto Rio Branco?
gregoheleno
Enviado por gregoheleno em 16/07/2019
Reeditado em 16/07/2019
Código do texto: T6696866
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gregoheleno
São Paulo - São Paulo - Brasil
37 textos (1406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/19 09:38)