Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Igreja Católica: Construtora da Civilização - Comentários alusivos de J B PEREIRA - a IGREJA É MÃE E MESTRA...DOS POVOS E NOSSA MÃE ESPIRITUAL NO BARTISMO...

        Mendel descobriu a hereditariedade no estudo de suas ervilhas no mosteiro. Publicou seu trabalho com sucesso e resistências... não da Igreja.

Pierre Teilhard de Chardin: a sabedoria do teólogo da noosfera

http://www.ihu.unisinos.br/169-noticias/noticias-2015/541655-pierre-teilhard-de-chardin-a-sabedoria-do-teologo-da-noosfera

_____

Gregor Mendel (1822–1884) – Monge agostiniano e pai da genética

Georges Lemaître (1894–1966) – Pai da Teoria do Big Bang

Roger Bacon (ca. 1214-1294) - contribuições significativas para a matemática e ótica; precursor do moderno método científico.


        https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_cl%C3%A9rigos-cientistas_cat%C3%B3licos


________________

 Bartolomeu Lourenço de Gusmão (1685-1724)
Este padre é um dos precursores da aviação, área em que a sua importância é relevante a ponto de que a Força Aérea Brasileira conceda todos os anos, a pessoas que prestaram serviços importantes para a aeronáutica, um prêmio que traz o nome dele: a Medalha Bartolomeu de Gusmão.


https://pt.aleteia.org/2017/11/17/17-cientistas-que-eram-tambem-sacerdotes-catolicos/

________________

Padre Quevedo
"Isso non ecziste"! Quem não se lembra da famosa frase, que em meados dos anos 2000, ficou famosa pelo Brasil todo? O autor dela é o espanhol naturalizado brasileiro Óscar Gonzaléz Quevedo, o padre Quevedo, que ficou conhecido por desmistificar supostas aparições paranormais em programas de televisão. Ele, inclusive, teve um quadro no Fantástico, alavancando ainda mais a sua popularidade. Atualmente, ele se encontra em uma casa de repouso para padres idosos, em Minas Gerais

https://www.bol.uol.com.br/listas/dia-do-padre-dez-sacerdotes-catolicos-que-viraram-celebridades.htm

____________

        De Deus provém, todo bem; o mal não encontra lugar em Deus, porque Deus é amor e verdade libertadora... (daptalção de I Carta de São João )

         O bem vem de Deus, faça o bem a todos como convém ao cristão no Senhor Jesus. III carta de São João.

" - Nisso reconhecerão que sois meus, m- eus discípulos se amarem uns aos outros como eu vos amei - disse Jesus."

"Ninguém ama como eu: eu dei a vida por vocês. O verdadeiro amigo dá a vida para o outro (sair livre e vivo). Vocês são meus amigos e não empregados e nem servos ou escravos..." Disse Jesus a nós ainda hoje.

 ____________

O sentido de ser Igreja e como viver em Jesus amando, perdoando a Igreja como instituição limitada, pecadora,purificada por Jesus e advinda de Jesus, santo e puríssimo Senhor e fundador da Igreja, antes dos Apóstolos.

J B Pereira


        Religião e política se tornam antagônicas dentro de alguns patamares, contudo é impossível separá-las visto que é da condiçãos complexa humana ser religioso e ser político. Separar radical e inexorável como condição histórica e crítica cristã é paradoxal e hipocrisia. Porque não se consegue total e imediatamente. Separar é patológico. O ser gente de uma cultura pode até negar ser religioso e ser político devido a sua liberdade de escolhas. Mas, é sabido é na prática e na ideologia sutil somos induzidos por situações e imposições econômicas e políticas onde o preço e o aluguel indicam o presentificação das dimensões político-econômica e outras, do viés do sobrenatural nas vida humana como milagre - não absurdo e nem absolteto, mas intervenção sobrenatural, que nos respeita e nos eleva a dignidade de cidadão e ser livre de toda maldade, doença e nos conduz à liberdade dos filhos de Deus.
Não que seja fácil isso, perceber tudo isso de pronto, ou imediatamente. A fé é a plantinha espiritual que Deus infunde na alma e cura o corpo e a mente.
Ainda na nossa mente somos àvidos de sinapses e potencial incrivelmente sugestivo ou autosugestivo. Vale disser: a ciência neurociência nos avança em descobertas recentes desse potencial.
E a vida espiritual, pode ser cultivada como a emocial, a intelectual, a política...
Religião é o termo para designar a ponte entre Deus e os homens. Somos uma penta relação: conosco, com os outros, com o Totalmente outro (divino...), com a natureza e o mundo sociointeracional da linguagem e das vivências político-ideológicas.
Augusto Cury nos adianta a Inteligência Multifocal, nome de um de seus livros. Antes, houve outro pesquisador que nos aprofundou a relevância da inteligência Emocional.
A Bíblia nos apresenta um Deus compadecido de seu povo Israel, escolhe líderes para libertá-lo e os profetas para anunciar o projeto de Deus e o messianismo davídico.
Jesus é a personificação visivel de um Deus invisível. Nesse sentido, Deus e Homem verdadeiro capaz de nos salvar - nos conectar com Deus Pai Eterno com seu sangue salvífico e Deus ineludível a nos elevar ao Eterno, na mediação purífissima do Espírito Santo Paráclito ou Consolador, mestre interior e esposo da nossa Alma e fortaleza da Igreja na história...
Embora a Igrejas tenha errado tanto e terrivelmente praticado coisas indignas do ser cristão e do Evangelho, ainda é assistida como povo e família de Deus, continuadora da Experiência de Fé do Povo Hebreu.
Os apóstolos deram a vida por Jesus ao evangelizar e fundar a Igreja em todos os povos.
Na Patrística ou Patrologia, os Padres da Igreja - leigos, diáconos e bispos e sacerdotes deram também a vida pela Igreja de Jesus e defenderam a Unidade com Pedro na adversidade de ritos e culturas que amam a Jesus.
O Rito latino dominou, mas não pode sufocar outros como o melquita, o grego, o egipcio, o macedónio, etc. Essa riqueza recentemente é reconhecida pelos últimos papas do concílio Vaticano II, é a Igreja mais pastoral e aberta ao mundo e às Igrejas Ortodoxas, às religiões mundiais e às Igrejas cristãs irmãs separadas depois de Lutero, Calvino, Henrique VIII e outros ...
O mais importante, que os papas e a Igrejas está no caminho certo de novo, mais humana, mais ética, mais fraterna, mais próxima do povo, há muito por que fazer... vencer o apego à riqueza, às tradições que embotam o Evangelho, superar o moralismo, a pedofilia, etc.
Os Papas Leão XIII, Pio XII, João Paulo I e II, Papa Francisco, todos estão cada qual a seu modo, fazendo a diferença em um mundo em contante transformações políticas, tecnológicas etc. O essencial é defender a vida, contra o aborto, a eutánásia, os extermismos políticos, a pena de morte, isso tudo contra o amor de Jesus na vida do cristão e da comunidade de fé católica ou cristã.
Hoje temos as Conferências episcopais e o CONIC - ambos - fundamentais para ajudar o papa a administrar, orientar e santificar a Igrejas na marcha para Deus e no amor que perdoa, cuida e não mata... tem compaixão e ajuda e é solidário.
Os papas pediram perdão aos negros - contra a escravidão; aos indios: contra as perseguições e quase extinção dos povos...; contra a mulher: discriminação e violências...; aos judeus: contra todo tipo de antissemitismo e perseguição da inquisição. Infelizmente, tudo isso ocorreul, por ter tido pessoas dominada por um espírito de emolação e poder corrompidos contra o amor e o bem do outro e das culturas.
Nós perdoamos a Igreja por tudo isso e toda a hipocrisia e contra testemunho..., sabemos que hoje podemos aprender com o passado e não repetir tais erros horríveis e absurdos... Sabemos que não somos daquelas épocas de engodo e maldade, sabemos que temos a responsabilidade de fazer hoje a diferença pela conduta ética e o respeito a todos, a todas as pessoas e as suas culturas e opções...
Cada um receberá segundo a sua fé e as obras de sua fé e a felidade à Jesus e à Igreja de Jesus e ao espírito de Jesus nas igrejas e nas religiões e organizações que praticam o bem e a justiça segundo o Evangelho e o Reino de Deus entre nós.

_____________

A Igreja venceu ataques e erros ao longo dos séculos.

J B PEREIRA


Como Jesus superou os conflitos e deu exemplo aos apóstolos, estes deram sua vida por Jesus - cada qual a sua maneira viva e heróica.
Os padres da Igreja tiveram coragem de defender a vida e obra de Jesus, reuniram o cânone da Bíblia, organizaram a Igreja e a liturgia.
Deram também escritos valiosos tanto os padres ou patriarcas gregos e como os sacerdotes e bispos latinos como Santo Agostinho.
Defenderam a unidade e a Trindade de Deus, a Divindade e humanidade de Jesus Filho de Deus, a maternidade e virgindade fecundas de Maria Santissima, os sacramentos, a existência do Paráclito como pessoa Divina, o sacerdócio como continuador da obra de Jesus, a moralidade das sepulturas e lugares sagrados, a virgindade como livre opção a Deus, o casamento como sacramento, o papado como lugar de serviço e unidade em Pedro, o serviço de evangelização em Paulo Apóstolo, a undiade da Igreja e diversidade de ritos em harmonial, etc.
Depois, vieram a organização contra as perseguições romanas e martírios, depois a formação e organização das ordem mendicantes, organização e expansão dos mosteiros beneditinos e outros, multiplicação de fundadores de congregações e famílias religiosas como salesianos e outras, a escolástica, centralização do papado em Roma, etc.
Com o tempo, outros santos e teólogos, fizeram a diferença com a defesa da Imaculada Conceição em Duns Scoto, A transubstanciação em Tomás de Aquino, a doutrina social da Igreja nos papas contemporâneos.
E a idade moderna, a Igreja sofreu problemas da secularização e ataques de obscurantismo e antirracionalismo. Mas, a Igreja com Maritein e outros evidenciaram o valor da mística cristã no neotomismo.
Também, os duros ataques vieram dos iluministas e positivistas. O ceticismo e o marxismo. Contudo, em cada momento, houve intelectuais à altura dos desafios da ciência e da filosofia.
Sabemos que a Igreja historicamente desenvolveu e amplicou as ciências com investimento e o apoio aos mecenas e cientistas de todas as culturas. Houve empenho de padres nas ciências e suas especificidades. Astronomia, economia, filologia, filosofia, racionalidade técnica, lógica, biologia, matemática, arqueologia etc.
Vale dizer, Salamanca a Igreja desenvolveu a economia, teve dificuldades de aceitar Galileu e hoje aceita o evolucionismo e o heliocentrismo com racionalidade científica, sem deixar de ter Deus como o centro do pensamento católico. O mesmo Deus que nos criou permitiu a evolução de nossa espécie. Somos imagem e semelhança do Criador.
Jesus é o melhor que a Humanidade soube acolher e ter como modelo e paradigma dignos.
Sem a Igreja, as culturas são teriam preservadas as suas melhores manifestações diversas.
Veja Thomas Woods propalando o sentido de avanços vivenciados pela Igreja durante séculos e não é obscurantismo e nem antirracionalismo atribuir tudo negativo à Igreja como o querem seus adversários contumazes.
Veja em: A Igreja Católica: Construtora da Civilização (Completo e Legendado)
https://www.youtube.com/watch?v=ng8dume3V6k&index=6&list=PLMbbhJewkap6N8Y5OexbezHuuKeyzcrmV&t=0s

Gabriel Marcel soube defender a fé catóica contra o existencialismo ateu de Sartre e outros.
J B Pereira e https://www.youtube.com/watch?v=ng8dume3V6k&index=6&list=PLMbbhJewkap6N8Y5OexbezHuuKeyzcrmV&t=0s
Enviado por J B Pereira em 13/04/2019
Reeditado em 14/04/2019
Código do texto: T6622860
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2269 textos (1188434 leituras)
14 e-livros (84 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 00:10)
J B Pereira