Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEXO SÓ DEPOIS DO CASAMENTO?


O texto que diz que o corpo da mulher é do marido e vice-versa, não se está enfatizando o fato de serem um casal, mas sim o sexo em si. É o corpo ali que está enfatizado, e não um suposto serem um casal. O que se está dizendo é que Deus criou os corpos do homem e da mulher para o prazer, para se comerem mesmo. A ênfase do texto recai radicalmente sobre o prazer sexual. A finalidade do texto é dizer que o sexo foi criado para uma finalidade: o prazer mesmo --; é esse o sentido de dizer que um corpo pertence ao outro. A finalidade do sexo não é a procriação, mas sim o dar prazer ao outro. A procriação é outra coisa, a procriação é a coroação, o que já não tem a ver mais com o sexo em si. Aí sim tem a ver com casamento mesmo, aí entra outra intenção além do prazer, porque ter filhos não pode ser consequência de uma mera relação sexual.

O prazer sexual consentido é a própria finalidade última do sexo. Isso não é pecado em nenhuma hipótese. Já a procriação não é a finalidade do sexo, a procriação sim tem a ver com casamento. Vejam que diferença de realidades. Dizer que o sexo tem por objetivo a procriação, é mentir contra o sexo e contra o casamento. Portanto, antes de sair falando merda, estudem, estudem, e estudem. O mestre São Tomás de Aquino diz que o sexo foi feito com a finalidade de um corpo se deleitar no outro corpo. Ou seja, se deleitar no corpo do outro é um direito natural, realmente um presente de Deus. Quem acha que isso tem a ver com casamento é maluco.

E a igreja católica sempre foi contra dizer que a finalidade do sexo é a procriação. Todos os padres e teologos da história do catolicismo, que foi a mais rica em estudos de todas as naturezas, sabem que o sexo tem por finalidade o prazer, nunca a procriação. O sexo não é consequência do pecado, não é o fruto da árvore do bem e do mal como dizem alguns idiotas gnosticistas. Sexo é prazer, e prazer é literalmente vida. Transe mais, de mais, coma mais, e não se preocupe com nada de procriação. Só pense em procriação se sua intenção não for só o sexo. Qualquer pessoa que ensinar o contrário disso é uma ANTA.

A procriação não é o topo da relação sexual, e sim o cume da relação entre homem e mulher, marido e esposa, o que já significa uma relação muito além do sexo, já é uma coisa espiritual, e aí então o sexo transcende o gozo pelo gozo, e passa conscientemente a ter uma finalidade de procriação, porque então você está pensando em constituir uma família. Já a finalidade primária e autêntica do sexo, não é constituir família, é gozar do corpo do outro. A real finalidade do sexo nunca foi o casamento. Reduzir a procriação ao sexo, ou elevar o sexo à procriação como finalidade do gozo, é coisa de quem não sabe porríssima nenhuma do que está falando, só está falando muita merda.

O cume da relação sexual é o prazer sexual, é juntar uma camisinha, um halls e mandar bala. Homem e mulher são dois adultos que podem consentir transar sem compromisso nenhum, e isso é natural, tão natural quanto o tesão que um sente pelo outro. Infelizmente as antas retardadas e falsas moralistas da seita evangélica, com a intenção de manipular as pessoas, neurotizando-as e culpando-as, inventaram, ao seu bel-prazer, a mentira de que sexo foi criado pra procriação. Eles negaram mais de 1500 anos de estudos seríssimos sobre a finalidade do sexo, só pra inventar uma mentira, criando um tabu satânico, fazendo as pessoas ver o sexo como coisa do Diabo, ou como mera intenção de procriação.

Arrumar casamento sem amor nenhum na igreja-seita evangélica, é mais comum do que se pensa. E não estou nem falando dos interesseiros que ali é comum também. Estou falando das pessoas que vão na ondinha de falsos ensinos, que casam pra transar, e têm filhos apenas pra dizer que casaram pra procriar. É uma mentira em cima da outra, assim como um abismo chama outro abismo. É difícil encontrar ensinos verdadeiros na igreja evangélica, porque até as mais nojentas mentiras e manipulações, eles cinicamente chamam de revelação, pra fingir justificar as asneiras num plano aonde você não possa questionar. É isso os ensinos deles.

A quantidade de divórcio na seita evangélica é igual fora. E a situação deles é pior porque além de evangélico não transar, quando transam já na primeira foda acham que têm que ter filhos, porque foram ensinados que sexo só tem que existir no casamento, e com a finalidade da procriação, ora, nem gozar em paz do corpo do outro eles podem. Aí é claro que os divórcios rolam solto, então ficam um monte de criança com pais separados. Tudo por causa de ensinos mentirosos e sempre manipuladores. Os lobos psicóticos com seus ternos e com seus falsos diplomas, estão aí pra isso, pra roubar, matar e destruir.

YESHUA
YESHUÁ
Enviado por YESHUÁ em 10/10/2019
Código do texto: T6765682
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
YESHUÁ
Maringá - Paraná - Brasil, 32 anos
27 textos (289 leituras)
1 e-livros (134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 15:45)
YESHUÁ