Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chute pra fora Thiago!

                                 Chute pra fora Thiago!
                                   Jajá de Guaraciaba

          Às vezes fico me perguntando como o povo brasileiro chegou aonde chegou.
          Há pouco fiquei estarrecido, pois ouvi na minha rua uma criança gritar:
          — “Mãe, eu quero que você vai pra puta que pariu!”.
          Lembro de que quando era menino eu respeitava os meus pais, os mais velhos, os professores, os colegas, os símbolos nacionais, os policiais, enfim, tinha respeito a própria vida.
          Lembro-me também que venerávamos as professoras do primário; nós as considerávamos como se fosses deusas ou alguma pessoa importante da nossa própria família. Brincávamos com os colegas sim, mas não era uma brincadeira desrespeitosa. Aprendemos a amar e respeitar o Pavilhão Nacional, a cantar com entusiasmo o Hino Nacional Brasileiro e o Hino à Bandeira Nacional. E os policiais? Nunca tivemos medo deles, pois sabíamos que eles eram duros apenas com os marginais lá favela onde eu morava, conosco eram bem-educados e gentis. Eles possuíam uma boa formação, visto que eram bem orientados pelos seus chefes que também possuíam caráter ilibado; eram pedras preciosas. Nos dias atuais muitos deles trocam suas vidas pelas simples “pedras” nem tão preciosas assim....
          Hoje a educação comportamental do indivíduo está completamente diferente daquela do meu tempo de jovem. Não ouvimos palavras gentis saindo açucaradas da boca dos adolescentes, não ocorrem mais aqueles gestos de boas maneiras endereçados às senhoritas, e estas, por sua vez, também nem se dão ao respeito para merecê-los.
          Atualmente os idosos não são reverenciados como outrora, ao contrário, são ridicularizados por palavras e atitudes acintosas e agressivas advindas até dos próprios filhos e netos. Por que será que  aconteceu essa irrefreável mudança? Será que foi devido à abertura política havida ao final da contrarrevolução de sessenta e quatro? Ou foi por causa da total liberação da censura?
          Sinceramente? Eu não queria ser pessimista, todavia estou temeroso com o futuro dos nossos descendentes, pois a bola da malcriadez vem crescendo cada vez mais no dia a dia em direção ao nosso gol e não vejo nenhum “Tiago Silva” que possa chutá-la pelo menos para a lateral. Acho que ela vai “estufar a nossa rede”. Acho que vamos perder esse jogo....
               
               
Jajá de Guaraciaba
Enviado por Jajá de Guaraciaba em 08/10/2019
Código do texto: T6764521
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Jajá de Guaraciaba
Pilar do Sul - São Paulo - Brasil, 76 anos
733 textos (80230 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 16:54)
Jajá de Guaraciaba