Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem educação, não dá

Nascido em 1843, o alemão Robert Koch foi um renomado patólogo e bacteriologista descobridor do bacilo da tuberculose e um dos fundadores da microbiologia. Há muito que o feito desse cientista inspira as novas gerações em todo o planeta.

O que quero dizer: que sem investimento real na educação, um país não se desenvolve. A verdade, o conhecimento é imprescindível à vida de qualquer indivíduo. Pergunta: por que o ensino, no Brasil, tem péssimo rendimento?

Esse fracasso é resultante de uma série de fatores muito complexos... Difíceis de serem explicados. Porém, não existe um único fator isolado que explique o problema. No entanto, cada vez mais, constata-se que há problemas na formação docente. Muito teórica.

Outros fatores: ninguém pode negar que o nosso fracasso educacional, se deve, em especial, ao descaso e negligência do poder público, ao longo de décadas, com a educação pública e os professores. É preciso esclarecer, também, que durante décadas a educação foi deixada em segundo plano. E isso tem suas consequências e pesa ao passar dos anos...

Nesse triste cenário acinzentado, de nossa realidade educacional, surgem vozes dissonantes. Que lutam para mudar essa situação caótica: uma delas é Priscila Cruz, presidente do Movimento Todos pela educação, que disse mais ou menos o seguinte: O resultado é no aluno. O foco da educação deve ser no professor, aliás, precisamos investir na formação, pagar bem o docente, propiciar que ele tenha uma jornada em uma escola só.

É preciso esclarecer, ainda, que sem investir e valorizar os profissionais de ensino, não se pode esperar que o Brasil se desenvolva e cresça satisfatoriamente. Como consequência, vamos ter dificuldade para formar bons cientistas: como o patólogo e bacteriologista como Robert Koch. Um outro detalhe importante, no Brasil, a educação não atrai bons profissionais porque paga muito pouco. E os grandes talentos, como razão, fogem do magistério.

Acredite quem quiser, a educação é indispensável nessa realidade globalizada em que vivemos. É por meio dela [educação] que se desenvolve a autonomia, senso crítico, cidadania, valores morais e éticos, responsabilidade, protagonismo e uma série competências para lidar com as dificuldades e os problemas que a vida tem. Mas para que tudo isso seja possível, é preciso priorizar a educação e valorizar, realmente, os professores.




ANÁLISEDECONJUNTURA
Enviado por ANÁLISEDECONJUNTURA em 17/06/2019
Reeditado em 18/06/2019
Código do texto: T6675530
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANÁLISEDECONJUNTURA
São Paulo - São Paulo - Brasil
56 textos (2301 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/19 01:59)