Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os ensinamentos de Jesus Cristo resultaram da pregação do profeta Zoroastro.

 
Zoroastrismo ou Mazdeísmo, religião monoteísta, surgiu no Irã, teve como profeta Zaratustra denominado também de Zoroastro 628-551 a.C.

Zoroastrismo religião praticada no leste do Irã e na região ocidental do Afeganistão.

Zoroastro pertencia ao clã Spitama, as ideias atuais do judaísmo, islamismo e do cristianismo, são heranças culturais do zoroastrismo,  antes de Zoroastro existia a crença na existência de múltiplos deuses.

Portanto, foi o profeta Zoroastro que revelou a existência de um único deus,  revelando  que existe o céu e o inferno, sendo Zoroastro o verdadeiro  inventor da ressurreição.

Com efeito, a existência de deus e do diabo,  sendo Ahura Mazda a deidade suprema,  uma deusa feminina poderosa criando todas as coisas boas.
 
Deste modo, Ahriman a representação do demônio, portanto, um espírito responsável pela ganância, fúria produto das trevas, sendo Zoroastro o grande profeta pregador da existência da deusa suprema Ahura Mazda.

Zoroastro pregava a existência que cada ser era composto de corpo e alma, com a morte, a alma separava do corpo sendo julgada por um tribunal, condenada desceria ao inferno, contrariamente, teria direito ao paraíso celeste.

A bíblia do zoroastrismo Zend-Avest os ensinamentos  do livro sagrado, a negação das práticas mágicas, a refutação dos vários deuses, a negação de sacrifícios envolvendo o uso do sangue.

O livro Avest revela que a pessoa pode seguir dois caminhos,  a  deusa Mazda ou Arimã representação satânica.

Portanto, a fonte da salvação da alma, o amor ao próximo, a caridade, compromisso com verdade e com a  justiça social entre as pessoas, tais procedimentos a garantia da vida eterna no paraíso, contrariamente, o inferno.

Zoroastrismo ainda hoje existe como religião no interior do Irã, 1% da população do referido país  segue o zoroastrismo, também comunidades iranianas radicadas na índia, denominadas de Parsis.

Em síntese o zoroastrismo influenciou os três grandes sistemas religiosos, judaísmo, cristianismo e islamismo, todos os principais fundamentos do cristianismo não provem de Jesus Cristo, entretanto, do grande profeta Zoroastro.

Deus único, alma, ressurreição, paraíso, inferno, portanto, o cristianismo não tem nada de original em sua doutrina, todas as pregações como se fossem de Jesus, quando de fato antes foram pregadas pelo grande profeta Zoroastro.

Deste modo, o cristianismo uma grande cópia do zoroastrismo, com efeito, a religião cristã a manifestação da pregação do profeta Zoroastro, seis séculos no Irã antes de Cristo,  deste modo, o cristianismo é o resultado do paganismo.

Quando seminarista e estudante de Teologia ao perceber que o cristianismo era produto das profecias de Zoroastro, estudei com dedicação o  Zoroastrismo como religião.

Edjar Dias de Vasconcelos.

 


Edjar Dias de Vasconcelos
Enviado por Edjar Dias de Vasconcelos em 17/04/2020
Reeditado em 19/04/2020
Código do texto: T6920312
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Edjar Dias de Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil
3536 textos (663294 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 10:49)
Edjar Dias de Vasconcelos