Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pensamento linguístico e político de Karl Marx.

Karl Marx, filósofo alemão do século XIX, formulou seu pensamento político, com o seguinte fundamento.

Tão somente o trabalho possibilita a distinção entre  o ser humano e os animais.

Com efeito, entre  a cultura e a natureza, o homem é o homem por meio da linguagem e do trabalho.

A tese fundamental de Karl Marx, a partir do trabalho, da forma que se dá o processo de produção da vida material dos homens,   manifestam-se as ideologias.

Tudo começa existir a partir do mundo linguístico, quando os homens iniciam  a trabalhar, na criação da produção dos meios de vida.

Portanto, é o modo como os homens constroem a vida material que se  efetiva  a  organização da vida social cognitiva.

Com efeito, as relações sociais, formando o que é determinado como cultura, sendo assim,  existem diversidades de culturas resultadas das múltiplas formas de produção.

O funcionamento das coletividades humanas, o trabalho é o momento inaugural da vida propriamente humana, a linguagem é o instrumento da cultura, através da qual torna possível a comunicação.

A utilização de  códigos para expressarem  ideias, sentimentos, desejos, por meio da criação dos diversos modos  linguísticos que os homens conseguem compreender a realidade, desenvolvendo a própria ciência.

Na história da produção das riquezas, através das revoluções econômicas, na criação da grande revolução industrial, desenvolveram  as nações ricas e poderosas.

Todavia, toda riqueza vem do trabalho, sendo assim, existem dois tipos de riquezas, a natural e a artificial.

A riqueza natural  produzida pela própria natureza, se os homens fossem  viver apenas da riqueza natural não sairiam de seu estágio primitivo.

Portanto, fundamental a riqueza artificial, produzida pelo trabalho.

A explicação porque existem ricos e pobres, pelo fato que os trabalhadores não recebem o devido valor da venda de sua força de trabalho, a diferença constitui o que é denominado de mais valia.

Desse modo, o acúmulo dos salários não pagos, fazem a riqueza daqueles que detém os meios de produção, razão pela qual a pobreza jamais será eliminada no capitalismo.

O problema dos trabalhadores para Karl Marx são alienados, eles não têm  domínio cultural crítico da economia,  razão pela qual não lutam para equalização social.



Edjar Dias de Vasconcelos.

 





Edjar Dias de Vasconcelos
Enviado por Edjar Dias de Vasconcelos em 11/09/2019
Reeditado em 12/09/2019
Código do texto: T6742857
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Edjar Dias de Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil
3040 textos (549631 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/19 07:59)
Edjar Dias de Vasconcelos