Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

o pensamento filosófico de Giles Deleuze.

França 1925-1995.

Deleuze magnífico filósofo, historiador da Filosofia, situado como filósofo pós estruturalista, com a Filosofia da diferença.

Refletiu a respeito de grandes filósofos entre eles: Bergson, Spinoza, Kant e Nietsche.

Principais obras escritas: A lógica do Sentido, Nietsche e a Filosofia, Diferença e Repetição, O que é Filosofia.

A  ideia que o conceito não corresponde a sua etimologização,  de tal modo, que as proposições formuladas não representam  a análise da realidade hermeneuticisada.

Desse modo, a razão sempre será inadequada, da mesma forma o sujeito cognitivo, o que é a realidade interpretada, apenas a inadequação do entendimento.

A ideia que o cérebro sapiens é definido a partir de sua cristalização ou seja, de um eu logocêntrico, a realidade enquanto análise não se estende   além do eu formatado.

Sendo  assim, apesar de estarmos no mundo, somos separados do referido,   a realidade uma paisagem em nosso redor.

A mesma  é externa a própria razão, motivo pelo qual a memória sapiens é inadequada.

A paisagem lá, o homem por mais perto que esteja  da realidade, está muito distante.

O mundo um mero acaso, aleatoriamente caímos no mundo, a cognição é produto de tal queda.

O homem por um processo de síntese próprio do esforço contínuo da memória sapiens não compreende o real, devido a adequação natural da cognição.

Com efeito, compete ao homem somente a administração das circunstancias naturais a vida resultadas de causas e efeitos.

A Filosofia um instrumento cultural, ideológico,  que ampara criticamente a memória sapiens no desenvolvimento da razão, sinteticamente na coextensividade do eu e o mundo.

Na verdade somos meros observadores alheios ao  mundo  no que tange a objetividade do entendimento.

O homem como sujeito, pobre cognitivamente,  fora do mundo e das coisas, fenomenologicamente apenas objeto.

Todavia, a ideia epistemológica concebida que o sujeito e o mundo são os mesmos, sujeito e objeto co-criadores,  apenas a representação parcial do entendimento.

Edjar Dias de Vasconcelos.
Edjar Dias de Vasconcelos
Enviado por Edjar Dias de Vasconcelos em 21/08/2019
Reeditado em 21/08/2019
Código do texto: T6725344
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edjar Dias de Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil
2911 textos (464712 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 00:10)
Edjar Dias de Vasconcelos