Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brasil uma cultura do cafajestivo.

Chamar  essa terra de republiqueta é uma elevação institucional.

De tupiniquinismo  dignificação  ideológica, o que é a  pátria amada, absolutamente nada.

Recuso ser o que é o cafajestismo cultural, uma nação de ninguém sem substancialidade  ética.

Uma pátria sem o mínimo de moralidade, o brasileiro regra geral,  por natureza mentiroso, oportunista e  de caráter corroído.

Confiar em quem,  em quase ninguém,  a fenomenologia do cafajestismo.

É possível acreditar  em alguém, uma nação medíocre, estupida em sua naturalidade.

Como gostar  do Brasil, gosto de  sua geografia, dos rios, da floresta, da própria beleza natural do meio geográfico.

A respeito das pessoas, com poucas exceções, o caldo cultural nacional.

A nação chega ser nojenta,  o meu esforço contínuo  para não me contaminar com o fundamento cultural inferior a essência do tupiniquinismo.


Quero ser gente, quero ser decente,  rejeito a cultura do cafajestismo.


Edjar Dias de Vasconcelos.
Edjar Dias de Vasconcelos
Enviado por Edjar Dias de Vasconcelos em 24/06/2019
Reeditado em 24/06/2019
Código do texto: T6680702
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edjar Dias de Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil
2949 textos (487396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 06:44)
Edjar Dias de Vasconcelos