Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Pranteando a estação


Findou-se um verão, calou-se o coração
Quisera por fim a saudade que impera
No desfolhar da ilusão sobra desolação...
Talvez a primavera abrevie esta espera!

Que os ventos levem a ti minhas lágrimas sentidas


Quadra Estilizada
Estilo poético criado por Haley Romario
www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4591435



Registro as carinhosas interações dos nobres poetas,
aos quais agradeço de coração



Slipswell Roque


A saudade não espera
Ela é feito uma fera
Um dragão queimando o coração
Daquela que procura uma solução
Deitada sobre as águas cristalinas
Envolto as borboletas coloridas
Que venha uma nova estação...



NoOnee

Quisera o outono
Ser também a primavera
Sem as folhas no abandono
Com o fim da tua espera



AnnaLuciaGadelha

Reflexão outonal
As águas fecham o verão
Seja bem- vindo outono encantador
Traga-nos muita inspiração
E um sentir libertador
Que as folhas caídas no chão
Lembrem a renovação



Poeta Carioca

Assim, para acariciar tamanha dor,
A poesia é evocada - Salve a Doutora!
E a poetisa sentida, essa autora,
Segue crente no futuro e no amor!...



Nelson de Medeiros

O poeta também chega ao seu outono...
Já se foi o verão de seus amores,
E o inverno de seus dias, o abandono,
Vislumbra-se entre amarguras e dores...

Que a primavera renasça inda mais uma vez.



Antheps

Traz em si cada Estação;
A Esperança e as flores;
As folhas secas e as dores;
A cigarra e sua canção...



Gilberto Oliveira

Agora sim já se foi o verão
Belo revoar das borboletas,
A Ninfeta vê tudo de luneta,
Esperando uma nova estação.



Pedro Paulo Costa

Que esta nova estação
Traga paz no coração
A alegria que se espera
Enquanto não vem a primavera...



Marcus Rios

PRANTEANDO A ESTAÇÃO

O verão findou-se
E fez com que o coração
Ficasse por fim calado,
Fez com que a saudade
Que tínhamos na nossa
Alma desfolhasse sobre
 A ilusão junto a desolação,
Primavera que chegou possa
Abreviar e fazer com que
 A espera chegue ao fim,
E o amor possa entrar
 Em nossos corações.
Que a cada dia o vento
Possa com seu suave
 Toque levara para ti
 Somente minhas lágrimas
Repletas de amor,
Para que possa sentir
Enfim este amor que
Eu tanto sinto por você.










 
Lilian Vargas
Enviado por Lilian Vargas em 20/03/2017
Reeditado em 31/03/2017
Código do texto: T5947012
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lilian Vargas
São Paulo - São Paulo - Brasil
455 textos (42945 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/06/17 22:59)
Lilian Vargas