Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje em dia, e desde os anos noventa do século XX, após o boom da psicanálise dos anos setenta, quando começou a existir uma “cultura” psicológica exponencial e rasa, tangente às pessoas de melhor condição econômica, os sinais e sintomas da histeria clássicos restringem-se cada vez mais à população de baixa renda ou que não tem essa cultura midiática acerca da psicologia. É a psique em estado bruto, isto é, atida apenas à necessidade de sobrevivência aquela que apresenta sinais e sintomas que eram encontrados no histerismo clássico, sem que, em situações sintomáticas não seja preciso ensejar grandes interpretações e insights ou compreensões de si mesmo. Sou filha daquele boom e da bondade dos outros, fico triste fico alegre, respondo com emoções mesmo se falo ou calo, desde que sequei o verbo no varal dos meus insights, que são somente visões e epifanias mentais.
Fabio Daflon e Cora Colatina
Enviado por Fabio Daflon em 07/04/2017
Código do texto: T5963974
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Fabio Daflon
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 63 anos
962 textos (40595 leituras)
2 e-livros (39 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/17 23:43)
Fabio Daflon

Site do Escritor