Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÉROLAS DE CARANANDUBA - CANTO N° 21

A SAUDADE QUE AINDA SINTO
O meu sorriso distinto,
e esta alegria; a verdade:
é para mitigar a saudade
que até hoje ainda sinto.

DESAFIO
Este dia agora imerso
em luz, beleza e harmonia,
certamente, desafia
todas as leis do universo.

AS ESTRADINHAS DE TERRA
O verão todo se encerra
no que existe de mais belo,
na paisagem o amarelo
das estradinhas de terra.

A BICICLETA
Todos sabem que é verdade:
a bicicleta instrui,
transporte que não polui,
símbolo de liberdade.

DESESPERO
A pessoa desiludida
no seu mar de agonia,
apenas precisaria
de uma mão estendida.
Enzo Carlo Barrocco
Enviado por Enzo Carlo Barrocco em 11/01/2017
Código do texto: T5878731
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enzo Carlo Barrocco
Belém - Pará - Brasil, 57 anos
736 textos (134780 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/01/17 17:32)
Enzo Carlo Barrocco