Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em razão de haver uma linha tênue entre pirâmide financeira e empresas que operacionalizam seus serviços e produtos pelo sistema de marketing multinível, necessário se faz esclarecer suas diferenças, pois o folclore que povoa os pensamentos das pessoas é que ambos os termos se tratam, em verdade, do lado oposto da mesma moeda, o que, e haveremos de ver, não é nem de longe verdade.

Saliento, contudo, que este breve texto não tem a intenção, nem seria possível, de esgotar a matéria, uma vez que tal temática, por sua complexidade, exige um espaço maior para sua compreensão. Todavia, para o que se propõe aqui, é suficiente, a título de aclarar, buscar de maneira didática, trazer à baila o que distingue um e outro.

A prática de pirâmide é enquadrada como crime contra a economia popular, tipificado no inciso IX, art. 2º, da Lei 1.521/51: "obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos ("bola de neve", "cadeias", "pichardismo" e quaisquer outros equivalentes)".

O site Wikipédia define que um esquema em pirâmide conhecido também como pirâmide financeira, é um modelo comercial previsivelmente não sustentável que depende basicamente do recrutamento progressivo de outras pessoas para o esquema, a níveis insustentáveis. Nos Estados Unidos, a Federal Trade Commission dá dicas para identificar aqueles que parecem ser esquemas em pirâmide. Esquemas em pirâmide existem há pelo menos um século e, em diversos países é considerado criminoso.
 
O esquema de pirâmide pode ser mascarado com o nome de outros modelos comerciais que fazem vendas cruzadas tais como o marketing multinível (MMN), que são legais. A maioria dos esquemas em pirâmide tira vantagem da confusão entre negócios autênticos e golpes complicados, mas convincentes, para fazer dinheiro fácil. A ideia básica por trás do golpe é que o indivíduo faz um único pagamento, mas recebe a promessa de que, de alguma forma, irá receber benefícios exponenciais de outras pessoas como recompensa. Um exemplo comum pode ser a oferta de que, por uma comissão, a vítima poderá fazer a mesma oferta a outras pessoas. Cada venda inclui uma comissão para o vendedor original.
 
Por seu turno, o mesmo site identifica que O Marketing multinível (MMN) funciona recrutando pessoas para vender, divulgar ou consumir um produto. Recebe comissão em forma de bônus quem recruta pessoas para vender ou representar seus produtos, como seus "downlines" (ou "parceiros de negócio"). Pode ser exigido dos novos associados que paguem pelo treinamento/material de propaganda, ou que comprem uma grande quantidade dos produtos para o sistema que irão vender.
Por fim, um esquema de pirâmide não está preocupado em ter e manter uma estrutura própria de empresa, com firma aberta, possuir uma fábrica, registrar seu corpo funcional e sobretudo, recolher seus impostos.
Empresas legais de marketing Multinível, além de cumprir cabalmente todos os requisitos elencados no parágrafo anterior, são empresas que possuem certificados das associações respectivas, possuem autorização governamental e são fiscalizadas por agências reguladoras, atestando sua legalidade perante a sociedade.
 
Fontes: http://economia.ig.com.br/2013-08-03/entenda-o-que-e-piramide-financeira.html
 
        https://pt.wikipedia.org/wiki/Esquema_em_pir%C3%A2mide
 
        https://www.jusbrasil.com.br/topicos/26786153/piramide-financeira
 
Marlon Damasceno
Enviado por Marlon Damasceno em 25/04/2017
Reeditado em 25/04/2017
Código do texto: T5980983
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marlon Damasceno
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
27 textos (1071 leituras)
4 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/11/17 07:08)
Marlon Damasceno