Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Vaqueiro e a Onça.

 O Vaqueiro foi a uma festa, e passou a noite toda dançando, quando acabou a festa de manhãzinha, o Vaqueiro foi para casa dormir.
 Ai o fazendeiro chegou a casa dele e disse:
-Vaqueiro preciso q você, vá ao mato, busca um garrote para mim! O vaqueiro disse:
-Fazendeiro too com sono. Ai o Fazendeiro disse para ele:
- Mas eu preciso q você vá buscar o garrote pegar ela no mato para poder eu vender, você e meu empregado e preciso q você vá.
Então o vaqueiro montou no cavalo e foi buscar o garrote, entrando no mato viu o garrote, ai botou atrás do garrote e o cavalo corria muito atrás do garrote.
Logo  logo o garrote se perdeu do vaqueiro, já era tarde ai o vaqueiro disse
-Vou descansar um pouco na sombra do Juazeiro, então se deitou no chão com sono por causa da festa.
Então dormiu, daqui a pouco apareceu uma onça, o vaqueiro acordou-se quando viu a onça, então fingiu q estava dormindo.
 Ai a onça chegou tentando acorda-lo porque a onça pensou q ele estava morto.
Então a onça deitou-se em cima dele e mexia nele para um lado e para o outro e ele não abria os olhos.
 Então a onça achando q ele estava morto botou ele nas costas e levou ele deixando o cavalo lá, então subia serra e descia serra, e o vaqueiro abriu os olhos devagarzinho e viu para onde ela estava levando ele, e o vaqueiro muito esperto olhando marcou o caminho.
 Quando chegou perto de umas pedras era o ninho da onça, a onça chegou e jogou ele no ninho, tinha umas três oncinhas novas.
 Então a onça mãe pegou o vaqueiro e jogou para as oncinhas comer, as oncinhas começaram a rasgar o vaqueiro, já era de noite, a onça mãe olhando para a lua deu as costas ao vaqueiro. O vaqueiro estava com um chocalho na cintura  amarrado no cinto, ele pegou o chocalho e amarrou na calda da onça, a onça pensava q era as oncinhas q estava mordendo o cabo dela .
 O homem amarrou com toda força o chocalho na calda dela ,então ele deu um grito, e a onça assustou-se ,corria no meio do mato e chocalho ten lengo tengo tengo, ela  quanto mais corria mais o chocalho batia.
 O homem pegou uma oncinha nova entrou no mato e foi embora, pegou o cavalo na estrada e foi para casa com a oncinha nova.
Quando chegou a casa falou com o Fazendeiro dizendo:
-Meu patrão eu ia morrendo ai contou a historia, tinha um homem no meio deles q era invejoso, então pediu para o vaqueiro que levasse ele lá, o vaqueiro disse:
-E muito perigoso, porque a onça pode esta lá, então o homem muito invejoso queria ir buscar uma oncinha para ele. O vaqueiro disse:
-E perigoso mais vou levá-lo. Então foram!
 Chegando lá o homem muito invejoso disse ao vaqueiro agora vou buscar minha onça, o vaqueiro falou:
-Que ir vá! Então ele foi.
Quando chegou ao ninho da onça, a onça voou nele e logo matou.
O vaqueiro viu só a onça levando ele para dentro do ninho, então o vaqueiro voltou para casa e não pode fazer nada para ajuda-lo.
Maria Cipriano e Ademilson
Enviado por Maria Cipriano em 17/06/2017
Código do texto: T6029823
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Cipriano
Santa Cruz da Baixa Verde - Pernambuco - Brasil
1 textos (45 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 09:46)
Maria Cipriano