Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto Celeste

As coisas ficaram esperando que você voltasse:
a máquina de costura abandonada, a massa de pão crua, as lantejoulas sem bordado,
o vidro de perfume cheio, os rasgos a serem consertados,
os netos que não te conheceram, e aqueles que pra trás ficaram.

Tantas coisas ainda...
tantas lições a serem dadas, palavras a serem ditas,
passeios por fazer, lugares a conhecer,
netos e bisnetos e tataranetos a nascer.

Bordando brilhos no manto de Nossa Senhora,
minha vó encontrou seu lugar e por isso não volta.
Um bom motivo, mas ainda assim a saudade nos assola.

Dando sermão nos anjos, usando seu vestido de noiva,
jovem de novo, sentada num banquinho de nuvem,
minha avó está dando gargalhadas à toa.

Para Celeste Damasio Bressan, de quem sinto muita falta <3
Amanda Damasio
Enviado por Amanda Damasio em 15/11/2017
Código do texto: T6172176
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Amanda Damasio
Ibiporã - Paraná - Brasil, 19 anos
150 textos (2941 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/17 23:42)
Amanda Damasio