Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COSUMIDO PELO TEMPO

Quantos anos e tanta falta
Sem poder te conquistar
Quanto tempo de procura
Sem ao menos te encontrar

Apertou mais a cruel solidão
Quando de repente disse não
Cravou uma faca nesse peito
Estraçalhou bem um coração

Fiquei atônita, enfim dormente
A voz travou, nenhum eco saiu
Ainda consegui de leve balbuciar
O amor quebrou, nunca existiu

Teu amor era fraco e pequeno
Que o tempo rápido consumiu

Esperança Vaz
12/09/2017.






Esperança Vaz
Enviado por Esperança Vaz em 12/09/2017
Código do texto: T6112515
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Esperança Vaz
Cocal - Piauí - Brasil
591 textos (21293 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/17 05:13)
Esperança Vaz