Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM INSANO MASTURBOU-SE DENTRO DO COLETIVO.

Um insano masturbou-se dentro do coletivo
Nem três dias se passou a cena se repetiu
Também no RJ e noutras cidades do Brasil
O reincidente paulista agora fora detido.

Sem tipificação nas leis se omite o delito
A impunidade explícita afronta a sociedade
Que exala a indignação e cobra da polícia
Devidas providências ao desrespeito explicito.

Quem norteia a humanidade Deus ou o diabo
Ao invés da caridade nós somos é debochados
Me sinto envergonhado sou parte desta farsa.

Tocar sem consentimento seja mulher ou homem
Será ato infringente gozar então é abominável
Não é coisa de gente até merece ser castrado.

PUBLICADO NO FACE, EM 12/09/2017
LUSO POEMAS, 14/09/2017
Miguel Jacó
Enviado por Miguel Jacó em 12/09/2017
Reeditado em 14/09/2017
Código do texto: T6112504
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Jacó
Taubaté - São Paulo - Brasil, 61 anos
2883 textos (168415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/17 05:11)
Miguel Jacó