Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não ... não consigo dizer te amo.
Engasgos e embargos; gaguejos.
Vigorosos clamores. Chamo
por ti, vida minha, fé; beijos.
 
Morro admirado de desejos
perigosos por ti. Proclamo:
Não ... não consigo dizer te amo.
Engasgos e embargos; gaguejos.
 
Meu irmão: apaixonado, te aclamo;
minhas mulheres sãs, cortejos
e esforços para ti. Reclamo
minha fraqueza de sobejos.
Não ... não consigo dizer te amo.


PS - COMPUS ESTE RONDEL PARA CELEBRAR A PASSAGEM DE ANO, ROGANDO A DEUS QUE TENHAMOS INFINITOS MOMENTOS EM NOSSA VIDA DE "DIZER TE AMO", AOS NOSSOS FILHOS, A NOSSA MULHER AMADA, AOS AMIGOS, ENFIM AOS NOSSOS IRMÃOS.
 
CHAGAS FERREIRA
Enviado por CHAGAS FERREIRA em 31/12/2016
Reeditado em 31/12/2016
Código do texto: T5868217
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
CHAGAS FERREIRA
Fortaleza - Ceará - Brasil, 53 anos
130 textos (2271 leituras)
1 áudios (31 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/03/17 03:37)
CHAGAS FERREIRA

Site do Escritor