Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O futuro da interação homem e máquina

Segundo Aristóteles, o homem é um ser social. Essa socialização é feita não só com outros seres humanos, mas também com aqueles de outras espécies, como os animais domésticos, por exemplo. Com os robôs não é diferente. Há, e continuará havendo, essa interação entre o criador e sua criatura. Mas o que existe em uma máquina para que a consideremos um robô? E quais as perspectivas para a sua evolução?

A definição mais aceita nos diz que robô é uma máquina capaz de colher e analisar dados para desempenhar uma tarefa. Ou seja, possui inteligência artificial. Que, por sua vez, vem se desenvolvendo com uma velocidade espantosa e colocada em dispositivos cada vez menores. Um Smartphone atual tem uma capacidade de processamento maior que a de um computador de alguns anos atrás. E mais barato.

Todo esse desenvolvimento, um dia, nos levará a uma máquina que terá a capacidade computacional similar ao de um cérebro humano. Isso significa que as pessoas recém saídas de uma universidade terão como concorrente um robô que, talvez, custe menos de mil reais. E se isso continuar, em algumas décadas, a inteligência artificial de um único autômato de mente de silício poderá superar o da espécie humana.

A biologia tem comprovado que, ao contrário do que defendia Darwin, nem sempre é o mais forte que sobrevive. Nesse sentido, cada indivíduo, os governos e a sociedade como um todo devem buscar maneiras de adaptação para conviver com essa nova situação, a fim de garantir a sobrevivência de nossa espécie, notadamente na educação digital.
Luís Alberto Bandeira D Elly
Enviado por Luís Alberto Bandeira D Elly em 20/03/2017
Reeditado em 21/03/2017
Código do texto: T5947110
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luís Alberto Bandeira D Elly
Belém - Pará - Brasil
10 textos (406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/06/17 17:35)