Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"NO BRASIL, POLÍTICOS SE EQUIVALEM AOS NAZISTAS EM CAMPOS DE CONCENTRAÇÕES" por GÉSNER LAS CASAS = RETALHOS D'ALMA & ESTOU EM CHAMAS =

“VAREJISTAS E CRIADORES DE ANIMAIS QUESTIONAM FRIGORÍFICOS”- NOTÍCIAS AO MINUTO - &#8206;SÁBADO, &#8206;18&#8206; DE &#8206;MARÇO DE &#8206;2017 - <“VAREJISTAS E CRIADORES DE ANIMAIS QUESTIONAM FRIGORÍFICOS VAREJISTAS E CRIADORES DE ANIMAIS DIVULGARAM NOTA, NESTA SEXTA-FEIRA, DIA 17 DE MARÇO DE 2017, DEMONSTRANDO SEUS PRÓPRIOS PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA, ALÉM DE QUESTIONAR OS FRIGORÍFICOS INVESTIGADOS PELA OPERAÇÃO CARNE FRACA, DA POLÍCIA FEDERAL. SEGUNDO INFORMAÇÕES DA FOLHA DE S.PAULO, A ABRAS, ENTIDADE QUE REÚNE AS REDES DE SUPERMERCADO, DISSE QUE VAI AGUARDAR A IDENTIFICAÇÃO DOS LOTES IRREGULARES PARA QUE MEDIDAS SEJAM TOMADAS. DE ACORDO COM A PUBLICAÇÃO, WALMART E CARREFOUR INFORMARAM QUE PEDIRAM ESCLARECIMENTOS AOS FORNECEDORES CITADOS NA DENÚNCIA. JÁ O GPA, DONO DAS BANDEIRAS PÃO DE AÇÚCAR, EXTRA E ASSAÍ, DISSE QUE "REPUDIA QUALQUER PRÁTICA QUE COLOQUE EM RISCO A SAÚDE DE SEUS CLIENTES". A ACRIMAT, ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE MATO GROSSO, INFORMOU QUE "DEFENDE A APURAÇÃO DOS FATOS E A PUNIÇÃO AOS ENVOLVIDOS NO SISTEMA DE CORRUPÇÃO". BRASÍLIA, WASHINGTON E RIO - APÓS A OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL QUE REVELOU A EXISTÊNCIA DE UM ESQUEMA DE COMÉRCIO DE CARNE ADULTERADA, O MINISTRO DA AGRICULTURA, BLAIRO MAGGI, FOI PROCURADO POR REPRESENTANTES DOS ESTADOS UNIDOS E DA UNIÃO EUROPEIA, QUE PEDIRAM INFORMAÇÕES. O ESCÂNDALO ABALA A IMAGEM DO PAÍS, MAIOR EXPORTADOR DE CARNES DO PLANETA, E PREOCUPA O GOVERNO BRASILEIRO, QUE TEME, NOS BASTIDORES, QUE PARCEIROS INTERNACIONAIS USEM ESSE PROBLEMA COMO PRETEXTO PARA ADOTAR MEDIDAS PROTECIONISTAS CONTRA O BRASIL NÃO SÓ NAS CARNES, MAS TAMBÉM EM OUTROS SETORES DO AGRONEGÓCIO. O SECRETÁRIO-EXECUTIVO DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, EUMAR NOVACKI, ADMITIU PREOCUPAÇÃO COM A REPERCUSSÃO NO EXTERIOR. PORÉM, ELE OBSERVOU QUE O BRASIL É UM GRANDE PLAYER NO MERCADO INTERNACIONAL DO AGRONEGÓCIO E RESSALTOU QUE AS DENÚNCIAS SE REFEREM A CASOS ISOLADOS E QUE O PRODUTO BRASILEIRO TEM RECONHECIMENTO NO EXTERIOR: ISSO NOS DEIXA BASTANTE PREOCUPADOS. O CONSUMIDOR VAI BUSCAR OUTROS PRODUTOS. DESCULPA PARA PROTECIONISMO: O GOVERNO AMERICANO, QUE EM MEADOS DE 2016 PASSOU A AUTORIZAR A IMPORTAÇÃO DE CARNE IN NATURA DO BRASIL, AFIRMOU QUE ESTÁ MONITORANDO A SITUAÇÃO DO PAÍS APÓS A OPERAÇÃO DA PF. AUTORIDADES TEMEM QUE O EPISÓDIO POSSA SER UMA DESCULPA PERFEITA PARA QUE A ADMINISTRAÇÃO DE DONALD TRUMP, COM VIÉS PROTECIONISTA, BARRE O PRODUTO BRASILEIRO NOVAMENTE. “NESTE MOMENTO, O SERVIÇO DE SEGURANÇA E INSPEÇÃO DE ALIMENTOS, FSIS, DO DEPARTAMENTO DE AGRICULTURA, USDA, NA SIGLA EM INGLÊS, ESTÁ TRABALHANDO COM FUNCIONÁRIOS DO USDA NO BRASIL PARA SABER MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO. TAMBÉM ESTAMOS EM CONTATO COM O MINISTÉRIO DA AGRICULTURA DO BRASIL E CONTINUAREMOS MONITORANDO A SITUAÇÃO”, DIZ A NOTA. O ORGANISMO, CONTUDO, TENTOU TRANQUILIZAR A POPULAÇÃO AMERICANA, LEMBRANDO QUE TODA A CARNE QUE ENTRA NOS EUA PASSA POR TESTES E “REINSPEÇÃO”. “O FSIS RECUSARÁ A ENTRADA PARA IMPORTAR REMESSAS CONTENDO PATÓGENOS QUE COLOCAM OS CONSUMIDORES AMERICANOS EM RISCO”, INDICANDO QUE TODOS OS PRODUTOS QUE ENTRARAM ATÉ AGORA DO BRASIL SÃO “SEGUROS E SAUDÁVEIS”. FONTES LIGADAS A AUTORIDADES DO COMÉRCIO ENTRE OS DOIS PAÍSES, ENTRETANTO, AFIRMAM QUE A NOTÍCIA AFETA FORTEMENTE A IMAGEM DO PRODUTO BRASILEIRO CONSUMIDOR VAI BUSCAR OUTROS PRODUTOS. DESCULPA PARA PROTECIONISMO: O GOVERNO AMERICANO, QUE EM MEADOS DE 2016 PASSOU A AUTORIZAR A IMPORTAÇÃO DE CARNE IN NATURA DO BRASIL, AFIRMOU QUE ESTÁ MONITORANDO A SITUAÇÃO DO PAÍS APÓS A OPERAÇÃO DA PF. AUTORIDADES TEMEM QUE O EPISÓDIO POSSA SER UMA DESCULPA PERFEITA PARA QUE A ADMINISTRAÇÃO DE DONALD TRUMP, COM VIÉS PROTECIONISTA, BARRE O PRODUTO BRASILEIRO NOVAMENTE. “NESTE MOMENTO, O SERVIÇO DE SEGURANÇA E INSPEÇÃO DE ALIMENTOS, FSIS, DO DEPARTAMENTO DE AGRICULTURA, USDA, NA SIGLA EM INGLÊS, ESTÁ TRABALHANDO COM FUNCIONÁRIOS DO USDA NO BRASIL PARA SABER MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO.” TAMBÉM ESTAMOS EM CONTATO COM O MINISTÉRIO DA AGRICULTURA DO BRASIL E CONTINUAREMOS MONITORANDO A SITUAÇÃO”, DIZ A NOTA. O ORGANISMO, CONTUDO, TENTOU TRANQUILIZAR A POPULAÇÃO AMERICANA, LEMBRANDO QUE TODA A CARNE QUE ENTRA NOS EUA PASSA POR TESTES E “REINSPEÇÃO”. “O FSIS RECUSARÁ A ENTRADA PARA IMPORTAR REMESSAS CONTENDO PATÓGENOS QUE COLOCAM OS CONSUMIDORES AMERICANOS EM RISCO”, INDICANDO QUE TODOS OS PRODUTOS QUE ENTRARAM ATÉ AGORA DO BRASIL SÃO “SEGUROS E SAUDÁVEIS”. FONTES LIGADAS A AUTORIDADES DO COMÉRCIO ENTRE OS DOIS PAÍSES, ENTRETANTO, AFIRMAM QUE A NOTÍCIA AFETA FORTEMENTE A IMAGEM DO PRODUTO BRASILEIRO E PODE GERAR PROBLEMAS. ALÉM DE IMPEDIR UM AUMENTO DE IMPORTAÇÃO, PODE SER USADO COMO ARGUMENTO PARA NOVAS BARREIRAS SANITÁRIAS AOS ALIMENTOS BRASILEIROS. O EPISÓDIO AINDA AFETA A CREDIBILIDADE DE EMPRESAS BRASILEIRAS QUE ATUAM NOS EUA, A JBS, POR EXEMPLO, É DONA DA SWIFT E DA PILGRIM, LÍDERES NACIONAIS EM DIVERSOS ALIMENTOS. TARSO VELOSO, ANALISTA DA CONSULTORIA ESPECIALIZADA EM ALIMENTOS AG RESOURCES, DE CHICAGO, ESTIMA QUE OS DANOS SERÃO GENERALIZADOS PARA DIVERSOS ALIMENTOS E AFETARÃO EMPRESAS DE CARNE BRASILEIRAS EM TODO O MUNDO. A IMAGEM DE TODO O SETOR FICA ARRANHADA, ESTE CASO PASSA A IMPRESSÃO DE QUE FALTA REGULAMENTAÇÃO E QUALIDADE POR PARTE DO GOVERNO BRASILEIRO. EMBORA NÃO HAJA QUEIXA CONTRA O BRASIL, ESPERA-SE QUE O REPRESENTANTE BRASILEIRO NO COMITÊ DE MEDIDAS SANITÁRIAS E FITOSSANITÁRIAS DA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO COMÉRCIO, OMC, SEJA BOMBARDEADO POR PERGUNTAS EM REUNIÃO DO ÓRGÃO NA PRÓXIMA SEGUNDA.>NOSSA OPINIÃO: {ESTELITA HASS CARAZZAICURITIBA, PR = FOLHAPRESS} ATÉ MESMO A MERENDA ESCOLAR DE ESTUDANTES DA REDE ESTADUAL DO PARANÁ RECEBEU CARNE ADULTERADA INVESTIGADA NA OPERAÇÃO CARNE FRACA, DEFLAGRADA NESTA SEXTA-FEIRA, DIA 17 DE MARÇO DE 2017, PELA POLÍCIA FEDERAL. OS ESTUDANTES COMERAM SALSICHA DE PERU, NA PRÁTICA, SEM CARNE, COM SUBSTITUIÇÃO ATÉ POR PAPELÃO COZIDO. {"JURO QUE CHOREI CALADO, COM A TRISTEZA QUE ME INVADIU E PERMANECE EM MINHAS LEMBRANÇAS, POR SABER QUE TEM GENTE POBRE-MISERÁVEL, SENDO ALIMENTADA COM ESSA CARNE PODRE CONTAMINADA COM EXTRATO DE SOJA, PAPELÃO E PRODUTOS QUÍMICOS PARA AUMENTAR E MASCARAR A PÉSSIMA QUALIDADE DE TODO TIPO DE EMBUTIDOS"} =//= “FOLHAPRESS, - A POLÍCIA FEDERAL DEFLAGROU NESTA SEXTA-FEIRA, DIA 17 DE MARÇO DE 2017- A OPERAÇÃO CARNE FRACA, COM FOCO NA VENDA ILEGAL DE CARNES POR FRIGORÍFICOS, E DEVERÁ CUMPRIR 38 MANDADOS DE PRISÃO. ALGUNS DOS PRINCIPAIS FRIGORÍFICOS DO PAÍS ESTÃO NA MIRA DA OPERAÇÃO, COMO BRF, JBS E SEARA. A JUSTIÇA FEDERAL DO PARANÁ DETERMINOU AS AÇÕES DA POLÍCIA E DA JUSTIÇA FEDERAL” - “É ASSUSTADOR PRODUTOS QUÍMICOS PARA MASCARAR PRODUTOS PUTREFATOS E DISTORÇÕES MALIGNAS QUE, COM CERTEZA NOS MATARÃO LENTAMENTE”. SEXTA, 17/03/2017, 10H10MIN - NO DIÁLOGO, OSMAR PEDE QUE DANIEL VEJA O RITO ADOTADO PARA QUE SE FECHE UM FRIGORÍFICO. DEPOIS DA CONVERSA, A PF REVELA QUE DANIEL GONÇALVES CONSEGUIU SUBSTITUIR O FISCAL DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA QUE ESTARIA ‘ENCHENDO O SACO’ DO DONO DO FRIGORÍFICO LARISSA, EM IPORÃ, NO PARANÁ, E O SUBSTITUIU POR UM QUE SERIA MAIS FÁCIL DE ‘ENROLAR’ E CONHECIDO COMO DINHEIRISTA. {“ATÉ MERENDA ESCOLAR TEVE CARNE ADULTERADA, APONTA POLÍCIA FEDERAL”} - FOLHAPRESS     FOLHAS-LIVRES -SEGUNDA-FEIRA 17 DE MARÇO DE 2017 = ESTELITA HASS CARAZZAI = CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - <ATÉ MESMO A MERENDA ESCOLAR DE ESTUDANTES DA REDE ESTADUAL DO PARANÁ RECEBEU CARNE ADULTERADA INVESTIGADA NA OPERAÇÃO CARNE FRACA, DEFLAGRADA NESTA SEXTA (17) PELA POLÍCIA FEDERAL. OS ESTUDANTES COMERAM SALSICHA DE PERU, NA PRÁTICA, SEM CARNE, COM SUBSTITUIÇÃO POR PROTEÍNA DE SOJA, FÉCULA DE MANDIOCA E CARNE DE FRANGO. FOI COM ESSE CONTRATO, CUJAS SUSPEITAS FORAM ENCAMINHADAS POR UM SERVIDOR DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA À PF, QUE COMEÇOU A INVESTIGAÇÃO. AO LONGO DE DOIS ANOS DE APURAÇÃO, A PF IDENTIFICOU CARNES ADULTERADAS, COM PRAZO DE VALIDADE VENCIDO E MAQUIADAS COM PRODUTOS PROIBIDOS POR LEI, EM GÔNDOLAS DE SUPERMERCADOS. ENTRE OS FRIGORÍFICOS INVESTIGADOS, ESTÃO ALGUMAS DAS MAIORES EMPRESAS DO SETOR, COMO BRF E JBS, ALÉM DE OUTRAS PEQUENAS INDÚSTRIAS QUE SÃO SUAS FORNECEDORAS. A LIBERAÇÃO DA CARNE ADULTERADA FOI FEITA POR FISCAIS DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, QUE RECEBIAM PROPINA DOS FRIGORÍFICOS PARA AFROUXAR A FISCALIZAÇÃO. PRODUTOS VENCIDOS E ESTRAGADOS ERAM TRATADOS COM ÁCIDO ASCÓRBICO, UM PRODUTO POTENCIALMENTE CANCERÍGENO, E TINHAM OS RÓTULOS TROCADOS. "INÚMERAS CRIANÇAS DE ESCOLAS PÚBLICAS ESTADUAIS DO PARANÁ ESTÃO SE ALIMENTANDO DE MERENDAS COMPOSTAS POR PRODUTOS VENCIDOS, ESTRAGADOS E MUITAS VEZES ATÉ CANCERÍGENOS PARA ATENDER O INTERESSE ECONÔMICO DESTA PODEROSA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA", ESCREVEU O DELEGADO MAURÍCIO MOSCARDI GRILLO. CORRUPTORES: A MAIOR PARTE DOS FRIGORÍFICOS, SEGUNDO A PF, ATUAVA DE FORMA ATIVA PARA SE BENEFICIAR DO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO. "NÃO HAVIA EXTORSÃO, MAS SIM BENEFÍCIO", DIZ MOSCARDI. "OS EMPRESÁRIOS INCENTIVAVAM E ARTICULAVAM VANTAGENS PARA A EMPRESA, DE FORMA A BURLAR A LEI. ERAM CORRUPTORES, E NÃO EXTORQUIDOS." POR MEIO DO PAGAMENTO DE PROPINAS, OS FRIGORÍFICOS CONSEGUIAM A TRANSFERÊNCIA DE FISCAIS CONSIDERADOS "CAPETAS", QUE NÃO ALIVIAVAM AS FISCALIZAÇÕES, A LIBERAÇÃO DE PLANTAS COM OCORRÊNCIAS DE SALMONELLA E OUTRAS IRREGULARIDADES, ALÉM DA AUTORIZAÇÃO DA VENDA DE PRODUTOS MAQUIADOS. O DINHEIRO DADO AOS FISCAIS ERA ENTREGUE DENTRO DE ISOPORES, POR TRANSFERÊNCIAS BANCÁRIAS EM NOME DE TERCEIROS OU ATÉ EM PICANHAS E OUTRAS CARNES NOBRES. OUTRO LADO: A JBS, POR MEIO DE SUA ASSESSORIA, AFIRMA EM NOTA QUE A EMPRESA "E SUAS SUBSIDIÁRIAS ATUAM EM ABSOLUTO CUMPRIMENTO DE TODAS AS NORMAS REGULATÓRIAS EM RELAÇÃO À PRODUÇÃO E A COMERCIALIZAÇÃO DE ALIMENTOS NO PAÍS E NO EXTERIOR E APOIA AS AÇÕES QUE VISAM PUNIR O DESCUMPRIMENTO DE TAIS NORMAS". "A COMPANHIA REPUDIA VEEMENTEMENTE QUALQUER ADOÇÃO DE PRÁTICAS RELACIONADAS À ADULTERAÇÃO DE PRODUTOS-SEJA NA PRODUÇÃO E/OU COMERCIALIZAÇÃO– E SE MANTÉM À DISPOSIÇÃO DAS AUTORIDADES COM O MELHOR INTERESSE EM CONTRIBUIR COM O ESCLARECIMENTO DOS FATOS", DIZ A NOTA. A BRF DIZ, POR MEIO DE COMUNICADO, QUE ESTÁ COLABORANDO COM AS AUTORIDADES. ELA AFIRMA NÃO COMPACTUAR COM PRÁTICAS ILÍCITAS E QUE SEUS PRODUTOS E A COMERCIALIZAÇÃO DELES SEGUEM "RIGOROSOS PROCESSOS E CONTROLES" "A BRF ASSEGURA A QUALIDADE E A SEGURANÇA DE SEUS PRODUTOS E GARANTE QUE NÃO HÁ NENHUM RISCO PARA SEUS CONSUMIDORES", AFIRMA A EMPRESA. EM NOTA, O MINISTRO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, BLAIRO MAGGI, AFIRMA QUE DETERMINOU O AFASTAMENTO IMEDIATO DE TODOS OS ENVOLVIDOS E A INSTAURAÇÃO DE PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS. "TODO APOIO SERÁ DADO À PF NAS APURAÇÕES. MINHA DETERMINAÇÃO É TOLERÂNCIA ZERO COM ATOS IRREGULARES NO MAPA [MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO]", DIZ. ELE AFIRMA QUE SUSPENDEU UMA LICENÇA DE DEZ DIAS QUE TIRARIA DA PASTA DIANTE DA DEFLAGRAÇÃO DA OPERAÇÃO E QUE, NESTE MOMENTO, "TODA A ATENÇÃO É NECESSÁRIA PARA SEPARARMOS O JOIO DO TRIGO". "MUITAS AÇÕES JÁ FORAM IMPLEMENTADAS PARA CORRIGIR DISTORÇÕES E COMBATER A CORRUPÇÃO E OS DESVIOS DE CONDUTA E NOVAS MEDIDAS SERÃO TOMADAS". -> “MINISTRO DA JUSTIÇA OSMAR SERRAGLIO, ATUOU PARA IMPEDIR FECHAMENTO DE FRIGORÍFICO INVESTIGADO, MOSTRA CONVERSA” DESPACHO DO JUIZ MOSTRA CONVERSA DE OSMAR SERRAGLIO QUANDO ERA DEPUTADO LIGANDO PARA O SUPERINTENDENTE DO MINISTÉRIO DE PESCA E AGRICULTURA, DANIEL GONÇALVES, APONTADO COMO CHEFE DO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO INVESTIGADO PELA PF.
REPITO; "É ASSUSTADOR"      É ASSUSTADOR O QUE ESSA GENTE ORDINÁRIA E CRIMINOSA, TEM FEITO COM A ESPÉCIE HUMANA QUE HABITA SOB O SEU NEFANDO RAIO DE AÇÃO ORIENTADO POR ESSE PLANO CRIMINOSO DE PODER TOTALITÁRIO. A MANIPULAÇÃO GENÉTICA E ATRAVÉS DE PRODUTOS QUÍMICOS PARA MASCARAR PRODUTOS PUTREFATOS E DISTORÇÕES MALIGNAS QUE, COM CERTEZA NOS MATARÃO LENTAMENTE. REPITO; “É ASSUSTADOR PRODUTOS QUÍMICOS PARA MASCARAR PRODUTOS PUTREFATOS E DISTORÇÕES MALIGNAS QUE, COM CERTEZA NOS MATARÃO LENTAMENTE”. REPITO; "É ASSUSTADOR"=//= “OPERAÇÃO CONTRA FRIGORÍFICOS PRENDE 38 E DESCOBRE ATÉ CARNE PODRE À VENDA” = FOLHAPRESS FOLHAPRESS17 DE MARÇO DE 2017 - FOTO: NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS – YAHOO! BRASIL NOTÍCIAS - CURITIBA, PR, E BRASÍLIA, DF- FOLHAPRESS - <A POLÍCIA FEDERAL DEFLAGROU NESTA SEXTA-FEIRA, DIA 17 DE MARÇO DE 2017, A OPERAÇÃO CARNE FRACA, COM FOCO NA VENDA ILEGAL DE CARNES POR FRIGORÍFICOS, E DEVERÁ CUMPRIR 38 MANDADOS DE PRISÃO. ALGUNS DOS PRINCIPAIS FRIGORÍFICOS DO PAÍS ESTÃO NA MIRA DA OPERAÇÃO, COMO BRF, JBS E SEARA. A JUSTIÇA FEDERAL DO PARANÁ DETERMINOU O BLOQUEIO DE R$ 1 BILHÃO DAS INVESTIGADAS. O MINISTRO DA JUSTIÇA, OSMAR SERRAGLIO, TAMBÉM É CITADO NA INVESTIGAÇÃO. ELE APARECE EM GRAMPO INTERCEPTADO PELA OPERAÇÃO CONVERSANDO COM O SUPOSTO LÍDER DO ESQUEMA CRIMINOSO, O QUAL CHAMA DE "GRANDE CHEFE". O OBJETIVO É DESARTICULAR UMA SUPOSTA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA LIDERADA POR FISCAIS AGROPECUÁRIOS DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, QUE, COM O PAGAMENTO DE PROPINA, FACILITAVAM A PRODUÇÃO DE PRODUTOS ADULTERADOS, EMITINDO CERTIFICADOS SANITÁRIOS SEM FISCALIZAÇÃO. A INVESTIGAÇÃO REVELOU ATÉ MESMO O USO DE CARNES PODRES, MAQUIADAS COM ÁCIDO ASCÓRBICO, POR ALGUNS FRIGORÍFICOS, E A RE-EMBALAGEM DE PRODUTOS VENCIDOS. ENTRE OS PRESOS, ESTÃO EXECUTIVOS DA BRF COMO RONEY NOGUEIRA DOS SANTOS, GERENTE DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E GOVERNAMENTAIS, E ANDRÉ BALDISSERA, DIRETOR DA BRF PARA O CENTRO-OESTE. TAMBÉM ESTÃO NA LISTA FUNCIONÁRIOS DA SEARA E, DO FRIGORÍFICO PECCIN–UM DOS QUE TINHA IRREGULARIDADES GRAVÍSSIMAS, COMO USO DE CARNES PODRES, SEGUNDO A PF–, ALÉM DE FISCAIS DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA. A REPORTAGEM ENTROU EM CONTATO COM AS EMPRESAS ENVOLVIDAS, MAS NÃO OBTEVE RESPOSTA. A INVESTIGAÇÃO APONTA QUE OS FRIGORÍFICOS EXERCIAM INFLUÊNCIA DIRETA NO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PARA ESCOLHER OS SERVIDORES QUE IRIAM EFETUAR AS FISCALIZAÇÕES NA EMPRESA, POR MEIO DO PAGAMENTO DE VANTAGENS INDEVIDAS. RONEY DOS SANTOS, EXECUTIVO DA BRF, TINHA ACESSO INCLUSIVE AO LOGIN E SENHA DO SISTEMA DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS DO ÓRGÃO, DE USO INTERNO. "PARECE REALISMO MÁGICO. INFELIZMENTE, NÃO É", DIZ O JUIZ MARCOS JOSEGREI DA SILVA, DA 14ª VARA FEDERAL DO PARANÁ, QUE DETERMINOU AS PRISÕES. "DEDO", "LUVA" E "DOCUMENTO" ERAM ALGUNS DOS TERMOS USADOS PELOS FISCAIS AGROPECUÁRIOS PARA O PEDIDO DE PROPINA. MAS ATÉ MESMO CAIXAS DE CARNE, FRANGO, PIZZAS, RAÇÃO PARA ANIMAIS E BOTAS ERAM DADAS EM FAVOR PELA VISTA GROSSA NA FISCALIZAÇÃO, DIZ O JUIZ JOSEGREI. "É UM CENÁRIO DESOLADOR", AFIRMA JOSEGREI. "RESTA CLARO O PODERIO DE INTIMIDAÇÃO, DE INFLUÊNCIA E DE USO ABUSIVO DOS CARGOS PÚBLICOS QUE OSTENTAM PARA SE LOCUPLETAREM, RECEBENDO SOMAS VARIÁVEIS DE DINHEIRO E BENESSES IN NATURA DAS EMPRESAS QUE DEVERIAM FISCALIZAR COM ISENÇÃO E PROFISSIONALISMO." DE ACORDO COM A RECEITA FEDERAL, QUE TAMBÉM PARTICIPA DA INVESTIGAÇÃO, OS FISCAIS VALERAM-SE DE DISTRIBUIÇÃO DE LUCROS E DIVIDENDOS DE EMPRESAS FANTASMAS, DA MONTAGEM DE REDES DE FAST FOOD EM NOME DE TESTAS DE FERRO E DA COMPRA DE IMÓVEIS EM NOME DE TERCEIROS PARA ESCONDER O AUMENTO DE PATRIMÔNIO. SERÃO CUMPRIDOS 27 MANDADOS DE PRISÃO PREVENTIVA, 11 DE TEMPORÁRIA, VÁLIDA POR CINCO DIAS, E 194 BUSCAS E APREENSÕES. MAIOR OPERAÇÃO: SEGUNDO A PF, ESSA É A MAIOR OPERAÇÃO JÁ REALIZADA NA HISTÓRIA DA INSTITUIÇÃO. ESTÃO SENDO MOBILIZADOS 1.100 POLICIAIS EM SEIS ESTADOS, PARANÁ, SÃO PAULO, SANTA CATARINA, RIO GRANDE DO SUL, MINAS GERAIS E GOIÁS, E NO DISTRITO FEDERAL. EM NOTA, A POLÍCIA FEDERAL AFIRMA QUE DETECTOU EM QUASE DOIS ANOS DE INVESTIGAÇÃO QUE AS SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS DO MINISTÉRIO DA PESCA E AGRICULTURA DOS ESTADOS DO PARANÁ, MINAS GERAIS E GOIÁS ATUAVAM PARA PROTEGER EMPRESAS, PREJUDICADO O INTERESSE PÚBLICO. O ESQUEMA, AINDA SEGUNDO OS INVESTIGADORES, FUNCIONAVA POR MEIO DE AGENTES PÚBLICOS QUE SE UTILIZAVAM DO PODER DE FISCALIZAÇÃO PARA COBRAR PROPINA E, EM CONTRAPARTIDA, FACILITAR A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS ADULTERADOS, EMITINDO CERTIFICADOS SANITÁRIOS SEM QUALQUER FISCALIZAÇÃO. DENTRE AS ILEGALIDADES PRATICADAS PELA SUPOSTA QUADRILHA ESTÁ A REMOÇÃO DE AGENTES PÚBLICOS COM DESVIO DE FINALIDADE PARA ATENDER INTERESSES DOS GRUPOS EMPRESARIAIS. O NOME "CARNE FRACA" DA OPERAÇÃO FAZ ALUSÃO À CONHECIDA EXPRESSÃO POPULAR EM SINTONIA COM A PRÓPRIA QUALIDADE DOS ALIMENTOS FORNECIDOS AO CONSUMIDOR POR GRANDES GRUPOS CORPORATIVOS DO RAMO ALIMENTÍCIO. A EXPRESSÃO POPULAR TAMBÉM MOSTRA "A FRAGILIDADE MORAL DE AGENTES PÚBLICOS FEDERAIS QUE DEVERIAM ZELAR E FISCALIZAR A QUALIDADE DOS ALIMENTOS FORNECIDOS A SOCIEDADE". ->NOSSA OPINIÃO:É ASSUSTADOR O QUE ESSA GENTE ORDINÁRIA E CRIMINOSA, TEM FEITO COM A ESPÉCIE HUMANA QUE HABITA SOB O SEU NEFANDO RAIO DE AÇÃO ORIENTADO POR ESSE PLANO CRIMINOSO DE PODER TOTALITÁRIO. A MANIPULAÇÃO GENÉTICA E ATRAVÉS DE PRODUTOS QUÍMICOS PARA MASCARAR PRODUTOS PUTREFATOS E DISTORÇÕES MALIGNAS QUE, COM CERTEZA NOS MATARÃO LENTAMENTE. REPITO; “É ASSUSTADOR PRODUTOS QUÍMICOS PARA MASCARAR PRODUTOS PUTREFATOS E DISTORÇÕES MALIGNAS QUE, COM CERTEZA NOS MATARÃO LENTAMENTE”. SEXTA, 17/03/2017, 10H10MIN - NO DIÁLOGO, OSMAR PEDE QUE DANIEL VEJA O RITO ADOTADO PARA QUE SE FECHE UM FRIGORÍFICO. DEPOIS DA CONVERSA, A PF REVELA QUE DANIEL GONÇALVES CONSEGUIU SUBSTITUIR O FISCAL DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA QUE ESTARIA ‘ENCHENDO O SACO’ DO DONO DO FRIGORÍFICO LARISSA, EM IPORÃ, NO PARANÁ, E O SUBSTITUIU POR UM QUE SERIA MAIS FÁCIL DE ‘ENROLAR’ E CONHECIDO COMO DINHEIRISTA. “MINISTRO DA JUSTIÇA OSMAR SERRAGLIO, ATUOU PARA IMPEDIR FECHAMENTO DE FRIGORÍFICO INVESTIGADO, MOSTRA CONVERSA” DESPACHO DO JUIZ MOSTRA CONVERSA DE OSMAR SERRAGLIO QUANDO ERA DEPUTADO LIGANDO PARA O SUPERINTENDENTE DO MINISTÉRIO DE PESCA E AGRICULTURA, DANIEL GONÇALVES, APONTADO COMO CHEFE DO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO INVESTIGADO PELA PF.                         REPITO; "É ASSUSTADOR PERMANECER SOB A ÉGIDE DE TAIS CRIMINOSOS IMPIEDOSOS"
ESSA PERVERSA QUADRILHA SE EQUIVALE AOS NAZISTAS QUE OPERARAM NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL.
 GÉSNER LAS CASAS BRITO
RADIALISTA, ARTISTA PLÁSTICO, COMENDADOR DE TOBIAS DE AGUIAR & JORNALISTA
LAS CASAS
Enviado por LAS CASAS em 18/03/2017
Código do texto: T5944736
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LAS CASAS
Marília - São Paulo - Brasil, 77 anos
521 textos (4157 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/17 15:30)
LAS CASAS