Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foi difícil olhar os olhos dele...





Das mil vezes que levei meu pai ao médico
nos seus onze anos de sofrimento, uma vez
foi mais difícil que as outras e doeu em mim.
Meu pai, muito mal com enfisema pulmonar,
procuramos o nosso médico/amigo na cidade.

Meu pai me dizia tudo que pensava, era eu o
seu único confidente, e sempre me dizia o que
iria dizer ao médico; dessa vez não falou nada.

Quando o médico nos atendeu, todo solícito;
ele estava triste, parecia muito agoniado com
a situação, E do nada, disse:

“Doutor, já que o senhor não me cura mesmo e eu sei
que nunca vai me curar e que a cada dia vou é piorar,
dá pra mim uma injeção pra eu morrer e, enfim, ter paz”.

O pior e mais doído foi olhar nos olhos dele e perceber
que o pedido que fizera era real, saía da alma do homem!
IVAN CORRÊA
Enviado por IVAN CORRÊA em 12/08/2017
Código do texto: T6082118
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
IVAN CORRÊA
Catalão - Goiás - Brasil
3075 textos (78319 leituras)
5 e-livros (152 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/17 17:38)
IVAN CORRÊA