Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROUBADA SEM FIM

Sorvei o fel dos insatisfeitos
Alimente-se de calúnias e mentiras
Qualifique o inclassificável
E dê um nome ao inominável...

Ou faça como eu...
Viva em intenso júbilo, em gozo eterno...
Numa vitória inconteste, numa roubada sem fim

Eu quis o céu e me deram uma cópia paraguaia... ok, vesti o uniforme e parti
Fui além... como Fernão Capelo
Fui ao topo, e desci
Quais ofertas me fizeram?
Não lembro...
Mas a verdade não estava entre elas.
Ainda bem.

Caio Braga
Enviado por Caio Braga em 12/10/2017
Código do texto: T6140876
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Braga
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
94 textos (622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 16:59)
Caio Braga