Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Menina Que Inventava Passarinho

Ela sempre, sempre gostou
De inventar vôos e passarinhos.
Ainda menina, bem pequenina
Transformava gaviões em brancas pombas
E, assim, ela encontrava pouca paz
Mesmo que fosse um tempo tão fugaz.

Cresceu confundindo passarinhos
Desistiu e resolveu (re)nomeá-los
De acordo com o seu significado.
Isto trazia muito mais sentido
Às suas vestes, de sonhos bordados.

Não é que ela quisesse fugir
Nem fingir que não os reconhecia
Mas é que era mais amoroso
Caber um passarinho numa prece
Ao Pai do Céu, que nunca a esquece.
E da gratidão por ser Sua flor
Pelo pouso leve de um Beija-Flor
Que, um dia, ela mesma inventou.

Beija-flor que espalha, paciente
De frágil em frágil, quase morta flor
O néctar dO Teu Santo Amor
E nO Teu Amor.. Viva estou, Tua flor
Meu Senhor.. Meu Senhor..
Guarda em Tua proteção e Amor
O meu passarinho Beija-Flor.

.. dizem que ela sempre ora ao Pai por este passarinho que ela inventou.

Karla Mello
13 de Agosto de 2017
Karla Mello
Enviado por Karla Mello em 13/08/2017
Código do texto: T6082181
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Karla Mello
Recife, Pernambuco, Brasil - Lisboa - Portugal, 50 anos
767 textos (9091 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 07:17)
Karla Mello

Site do Escritor