Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SURPRESA

Sempre que posso sou surpresa,
Traço metas,
Sou razão e coração.

Sempre que posso sou surpresa,
Sou direta e indiscreta,
Não uso a razão nem o coração.

Sempre que posso sou surpresa,
Vivo o dia,
O momento e a ilusão.

Sempre que posso sou surpresa,
Vivo a realidade,
Com direito e com razão.

Sempre que posso sou surpresa,
Aguarde-me que verão...
Sempre que posso sou surpresa,
Sou amor ou sou paixão.
Marlene Rayo de Sol
Enviado por Marlene Rayo de Sol em 20/03/2017
Código do texto: T5947202
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marlene Rayo de Sol
São Paulo - São Paulo - Brasil
195 textos (1666 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/04/17 05:03)
Marlene Rayo de Sol