Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE PERDIÇÃO

AMOR DE PERDIÇÃO

mata-me
nas matas dos dias

dia-a-dia
adiando folhas
caindo orgia

nas noites desluaradas
desbrilhadas
e penadas

tem pena
tem calma
me acalma

sou só
lua sem sol

toma conta de mim
faz-de-conta
que sim

me diz
agora
sem hora
faz hora
pra não ir embora
jamais

nem mais
isso ouça
nem aquilo
na voz do grilo

triste e aguda

meu deus
me acuda
que eu aqui nesse canto
nem canto
nem durmo

me encanto

na cantiga
da morte
e da vida
que sorte!
Mírian Cerqueira Leite
Mileite
Enviado por Mileite em 20/03/2017
Código do texto: T5947128
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mileite
São Paulo - São Paulo - Brasil
143 textos (950 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/17 04:10)
Mileite