Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Das águas e dos ventos

A sutileza,
Destes olhos,
É covardia!

Leveza,
Única,
Levitar.

Desperta tanto,
Inclusive,
De vez em quando,
O pranto!

Pudera eu,
Não amar?

Se as gotas da chuva,
Fossem as lágrimas suas,
Meu sorriso seria ventania,
A nunca lhe deixar acumular.

Mas e as gotas dos olhos meus?

Maresias...
Sal das águas,
Deste ensopado admirar.

Sopraria?


Ariane Fagundes
Enviado por Ariane Fagundes em 19/06/2017
Reeditado em 19/06/2017
Código do texto: T6031361
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ariane Fagundes
Curitiba - Paraná - Brasil, 27 anos
865 textos (12028 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 02:18)
Ariane Fagundes