Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como sou tão amada?

Eu me pergunto como sou tão amada.
 Tão pequena, falha, insegura, medrosa, mas amada.
Teu amor me fez voltar a sonhar.
Não fui obrigada a ser tua, a minha alma apenas reconheceu que o vazio que havia era do Teu tamanho.
Quando observo o pôr do sol e sinto a brisa suave tocar o meu rosto no finalzinho da tarde, penso que Tu estás mais perto do que posso sequer imaginar.
 Quem sou eu para dizer que Tu não estás aqui?
Quem sou eu para dizer que o Teu sacrifício não foi real assim?
 A cada vez que leio a Tua palavra entendo que se fosse necessário sangrar por mim novamente, Você sangraria.
Não quero me desprender de Ti.
Crislaine Rosa
Enviado por Crislaine Rosa em 12/01/2017
Código do texto: T5879419
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Crislaine Rosa
Cianorte - Paraná - Brasil, 26 anos
231 textos (12748 leituras)
5 áudios (861 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/11/17 20:51)
Crislaine Rosa