Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPERANÇA

Eu ando descalço
Pelos sonhos em pensamentos,
Quando olho para as estrelas
me pergunto para o meu eu!
Quem sou eu nesse momento?
Eu queria depositar um beijo
carinhoso na face sofrida do tempo.
Ser um sorriso lindo
nos labios triste da fome.
Ser um brilho de felicidade
nos olhos de uma criança pobre.
Ser a esperança e o perdão,
o respeito e carinho ao próximo.

_____Nillo Sergio.
@PoetaDoBalcao.
Poeta do balcao
Enviado por Poeta do balcao em 13/12/2016
Código do texto: T5852005
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta do balcao
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
932 textos (8509 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/02/17 19:45)
Poeta do balcao