Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(A força das nossas palavras nos define / Ensaio descrito com expiração no grão de arroz)

Agressão não verbal.

Seu arrozinho de meia tigela,
Você é um merda, fracassado, nem conseguiu ficar branco é amarelado.
Não conseguiu nem crescer,
Não vale nada, olha só! Foi considerado o mais barato do mercado,
Realmente você é classe C não vale nada,
Não presto nem para comer,
Seu lixo, sem valor algum.
Seu quinto categoria não vale nem para os pássaros,
Que coisa ruim,
Seu bosta, nem cozinha direito,
Foi o ultimo a ser escolhido na prateleira, pois ninguém não quis,
Seu fezes, seu pequenino,
Sem valor algum,
Seu verme,
Que trouxa nem conseguiu,
Seu fracassado,
Seu desfarelado, todo quebrado,
Você não passa de um nada.









ISENTIVOS POSITIVOS

Oi bom dia gostosão.
Você é tão lindo, tão bonitinho.
O mais forte de todos,
Nossa como você é tão branquinha,
Muito bonito, nem parece que sobrou.
Deve ser o mais caro da prateleira,
O mais importante de todos,
Olha como você é grande não quebra fácil
Tão perfeito, é algo divino.
Você é maravilhoso, gostoso,
Tão belo, perfeito, uma obra de deus,
Tão gostoso.
Se a vossa mercê não existisse não sei como seria,
Você é muito importante para min,
Sem você não sei viver,
Até a embalagem é perfeita.
Parabéns tu é de mais. Perfeito.
Sem palavras é muito top.
juvenal santos
Enviado por juvenal santos em 01/06/2017
Código do texto: T6015593
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
juvenal santos
Teotônio Vilela - Alagoas - Brasil, 27 anos
78 textos (1446 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/06/17 07:24)
juvenal santos