Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E O PORTUGUÊS VAI VIRANDO "PORNOFONÊS"...

       É talvez a simples falta de leitura (de qualquer tipo de leitura) ou de um conhecimento geral básico que leva, cada vez mais, uma parte considerável da população (especialmente de jovens) a tentar sepultar o nosso idioma português, adotando uma linguagem vulgar própria, algo mais voltado ao estilo "pornofonês", como diria a canção interpretada por Zé Ramalho. São aquelas expressões e termos esdrúxulos encontrados especialmente em letras de Funk, Rap (proibidões ou não) e em toda essa musicalidade nociva atual, palavras que logo são incorporadas e absorvidas por uma dita "massa ignorante" que não para de adquirir novos adeptos. Como diria Renato Russo, "A juventude está sozinha. Não há ninguém para ajudar a explicar por que é que o mundo é este desastre que aí está".
       Chamam a isso de modismo, mas é apenas desculpa pra camuflar um problema sério da nossa educação. Esse leque de vulgaridades que assola o país, respaldado por uma liberdade de expressão sem controle e sem quaisquer limites, é o que explica ver nossos lares invadidos diariamente por todo esse lixo sonoro, disfarçado principalmente em letras de música. São expressões e gírias em sua grande maioria, marginais, pronunciadas agora como palavras absolutamente normais, chegando a fazer parte do vocabulário e do dia a dia de muita gente alienada (salvo algumas exceções).
       Eis alguns exemplos, as quais não há a menor intenção aqui de mostrar seus significados:

       Bolado, Bonde, Alemão, Caô, Chapa quente, Demorô, Já é, Pancadão, Pisante, Rapeize, Sangue bom, Mlk top, Tá ligado?, Milgrau, Novinha, Vida lôka, Recalque, Do caralho, No sapatinho, 0800, Coé, Moiô, Mó, X9, TMJ, Judaria, Parça, Véi, Naveira, Rolêzinho, Responsa, Estiloso, Mlk chavoso, Chegar num rasante, Piriguete, Trêta, Bololô, Popozuda, Marcar toca...
Paulo Seixas
Enviado por Paulo Seixas em 11/04/2017
Reeditado em 22/06/2017
Código do texto: T5967938
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o http://blogliterariopauloseixas.blogspot.com.br/).
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Seixas
Campina Grande - Paraíba - Brasil
967 textos (40066 leituras)
20 áudios (638 audições)
9 e-livros (130 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 10:03)
Paulo Seixas