Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vazio da alma

Sim, é um jeito estranho de lidar
Um vazio, um nada
Não tem com explicar.
Vez ou outra é bom humor, só cor só...
Aí depois já vem o breu, parece a morte, se é que entendeu
Consome tudo aquilo que tinha, se é que tinha
Como saber o que aconteceu?
É como um buraco negro, tem tudo mas não tem nada
É como um momento de paz,
Mas vez ou outra é só Granada
É explosão, guerra, é a alma estilhaçada
É vácuo, frio, sente?Não sinto nada.
É o corpo que morre, é a alma  calada...


Brenda Macedo
Enviado por Brenda Macedo em 01/05/2017
Código do texto: T5987006
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Brenda Macedo
Montes Claros - Minas Gerais - Brasil, 19 anos
5 textos (85 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 10:57)
Brenda Macedo