Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fugitiva...

   Deixa eu dormir, deixar eu sonhar, a realidade fere muito, fere o corpo fere a alma,não somos feitos de pedra, e mesmo se fossemos, pedras também sente dor, sente o calor ardente dos raios solares, sente o frio das noites, as gotas de chuva, e nosso travesseiro, recebe nossas lagrimas, repousa nossa mente, e ouvi nossos gritos no silêncio da noite.
   Cada pensamento, cada preocupação,  a insônia que lhe acompanha pelas madrugadas, causada sabe-se lá porque ou por quem. Amando sem ter a certeza do risco, fechar os olhos, calar-se, ficar mudo, surdo, e  querer acreditar no imaginário, criado por sua lucidez, cada vez mais distante de tudo, tentando encontrar o seu mundo.
   Erros cobertos por mentiras, verdades escondidas pelo medo de talvez surgir uma tempestade, uma ferida que não cicatriza, se nega a curar-se, não se esquece o que se ama, não machuca, não deixa ir, pelo ao menos não de você, que prende tudo em sua alma e pesa teu corpo com uma bagagem que não te pertence.
   Sua força não está no seu físico, e sim em você, basta querer enxergar, sentir, viver, é necessário seguir, ir, seguir seu rumo, seu caminho, mas primeiro escolha qual seguir, alguns podem não ter volta, outros irão encantar, uns vão parecer mais fáceis, outros mais difíceis, mas pense bem, nem sempre o melhor caminho é o que não tem espinhos, não podemos optar por não sermos feridos, mas podemos escolher quem nos ferirá.
     " Chega de mentiras, de mentir para si mesmo, siga enfrente, e o presente fará o passado ter valido a pena."
 
    " Cada passo, um de cada vez, num é  sobre chegar no topo, é sobre escalar, e saber que o caminho te fez mais forte."
 

    " Cada escolha tem seu preço, cada palavra, ato, vêem acompanhados de consequências, tudo no seu tempo certo."

     "Quando passa da medida qualquer gota faz transbordar, quando não há mais saída o coração dispara."

      " O querer nem sempre vai ser possível, fugir da realidade, é uma boa opção, quando já não se sabe mais o que fazer, então corra para lá, aquele lugar onde você pode ser você, pode gritar dançar, sorrir, chorar, retirar de ti aquela angustia armazenada, que te sufocada."
Sonha
Enviado por Sonha em 30/04/2017
Reeditado em 12/06/2017
Código do texto: T5985272
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonha
Espera Feliz - Minas Gerais - Brasil
19 textos (1160 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/07/17 03:55)
Sonha