Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O menininho azul


O menino azul
gostava de adivinhar o tempo
assobiar passarinhos
engatinhar com os bichinhos
e colher borboletas.

O menininho azul era todo alegria
seus olhos ativos
duas avelãs saltavam no riso.
Vertiam os mais belos encantos
seu cheiro suave acordava as manhãs.

O menino azul brincava o dia inteiro
o que mais gostava era apontar as estrelas
murmurava aos vento
fiava poesia
descobria a vida engatinhando
em seu pequeno caminho.

O menino azul era pleno céu de primavera
queria só mil abraços
e as estrelas mais belas
voar de avião, brincar com as nuvens,
cantarolar e ouvir histórias que lhe ensinassem o amor.

O menininho azul
era como um pequeno passarinho livre no ninho
que logo cresce e bate as asas
e se misturava ao céu num longo voo
Todo azul, um amor de passarinho
em busca da flor,
ou de alguma estrela que se encantou.


Paula Belmino

*Poesia especialmente dedicada a meu sobrinho-neto Bernardo que veio passar as férias conosco e já vai bater asas de volta pra sua terra


http://paulabelmino.blogspot.com.br/2017/07/o-menino-azul.html
Paula Belmino
Enviado por Paula Belmino em 15/07/2017
Código do texto: T6054995
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula Belmino
Lagoa Nova - Rio Grande do Norte - Brasil, 42 anos
994 textos (109181 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/07/17 05:43)
Paula Belmino