Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ÚLTIMO FOGUETE


Uma das crianças do último foguete pergunta:
“A velocidade da luz
é quase 300 mil quilômetros por segundo,
mas e a velocidade da cor?”.
Outra criança responde:
“A velocidade da cor chegou perto!”.
E outra continua:
“Algumas cores foram bem ligeiras
pra surgir aqui.
A cor amarela berrante
raiou há muito tempo...”.
Uma outra criança mais ágil afirma:
“O vermelho perdeu a corrida
e ficou do  jeito raivoso,
no meio da carne crua.”
“E o azul?” - questiona a primeira criança.
“A cor azul foi a terceira
e espalhou no céu.
O verde foi um azul
que se lançou tanto, todo dia,
até se esquecer quem era”.
“Outras cores estão chegando!” –
confirmarão todas as crianças
do últimos foguete.
“Chegarão aqui no planeta
e não encontrarão crianças!”
A criança mais nova só então pergunta:
“E se as últimas cores
forem tão bonitas,
que até cego possa ver?
O que elas pensarão
no vazio da gente?”

Certamente nesta hora,
no último foguete acionado,
um adulto ruminante dirá:
“Se cego puder ver cores
sem um olho ativo,
então estas cores estão colorindo o espaço
e não chegarão tão cedo.
Todo mundo pra dentro da nave!”

DO LIVRO: "O ÚLTIMO FOGUETE"
PAULO FONTENELLE DE ARAUJO
Enviado por PAULO FONTENELLE DE ARAUJO em 01/01/2017
Reeditado em 24/08/2017
Código do texto: T5868779
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PAULO FONTENELLE DE ARAUJO
São Paulo - São Paulo - Brasil
211 textos (4148 leituras)
1 e-livros (3 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/17 18:05)
PAULO FONTENELLE DE ARAUJO