Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto







ESCURIDÃO

Um amor não acaba, assim, por nada.
O que houve? Ah, me diz, porque não sei,
na verdade muito, muito eu te amei.

Me sentia... me sentia como um rei,
e agora, que fazer? Levei pedrada,
bato à porta, mas a encontro fechada.

Sem ti, me perdi em meio à bruma.

Nada vejo, não enxergo luz alguma.




Interação ao Soneto "Eu Sei que a Vida é Bela" de Aarão Filho
http://www.recantodasletras.com.br/sonetos/5870365

 
HLuna
Enviado por HLuna em 09/01/2017
Código do texto: T5876632
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/helenaluna). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HLuna
Fortaleza - Ceará - Brasil
9618 textos (238085 leituras)
15 e-livros (919 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/17 07:31)
HLuna