Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pequena crônica quixotesca




A Mancha que Rocinante deixou no chão
Alguém limpou com água e sabão.
Dulcinéia Del Toboso depois de velha e senil
Largou tudo pra vir morar no Brasil.
Sancho Pança, torcedor fiel do La Coruna,
Emagreceu vítima da chikungunya;
E o nosso querido Alonso, sonso e maluco,
Fez-se amigo de Capiba e veio morar em Pernambuco,
Onde, durante um surto circuito, quase foi aprisionado
Quando, com uma lança e numa bicicleta montado,
Atacou as torres de energia eólica de modo violento
Pensando que eram os velhos moinhos de vento.
Jota Garcia
Enviado por Jota Garcia em 10/01/2017
Código do texto: T5878175
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jota Garcia
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 80 anos
385 textos (11483 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/17 13:44)
Jota Garcia