Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRINCADEIRA DOS HOMÔNIMOS E PARÔNIMOS

O carteiro que a cartas SELA fugiu da CELA em um cavalo sem SELA, no caminho teve SEDE e avistando de uma fazenda a SEDE, correu para lá, onde  encontrou  uma senhorinha que andava DEVAGAR e gostava de DIVAGAR . Ela começou  a falar ao "CAVALEIRO viajante" sobre um CAVALHEIRO andante que os homens do Capitão estavam a procurar,  dizia ela que se ele fosse rumo à CAPITAL , sem CAPITAL dificilmente chegaria lá. O moço ali ouvindo, um pouco se preocupou, não tinha mais nem um vintém, estava agora SEM  os "CEM"  que do velhinho ele roubou.
Mas aquela senhorinha nada notou, ofereceu-lhe uma TORTA e ele de cara meio TORTA logo aceitou.
Apressando-se em escapulir, dispôs-se agradecer:
" Minha CARA senhora, estou sem horas, mas já vai anoitecer, olhe para a CARA do dia que já  dá perceber. Pela torta quero muito agradecer, de tão gostosa, se vendida muito CARA poderia ser.
A senhorinha, feliz pelo elogio começou então  a DESCRIÇÃO, disse que era receita de família, citando os ingredientes daquela torta de limão.
O carteiro, sutilmente e com muita DISCRIÇÃO,  foi sorrindo e foi saindo lhe dando um beijo na mão.
A senhorinha era vivida e sabia que existem pessoas que são MÁS, MAS seu coração tão bondoso só via nas pessoas o amor e a paz.
Claudia Nascimento
Enviado por Claudia Nascimento em 26/12/2016
Reeditado em 26/12/2016
Código do texto: T5863666
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Nascimento
Eunápolis - Bahia - Brasil
120 textos (1613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/04/17 21:37)
Claudia Nascimento