Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entrevista com o Poeta e Escritor Walmor Zimerman

Um papo revelando um pouco de nosso colega de "Recanto das Letras"...

FB – Pergunta inicial de todo o entrevistado, mencione suas recordações da infância...

WZ - Tive uma infância normal, com as alegrias naturais deste salutar período; com muito futebol e coleção de figurinhas...

FB - Na infância já tinha em mente o que iria fazer na vida adulta? Qual a profissão o senhor seguiu no decorrer de sua vida?

WZ - Na infância tive dificuldades de aprendizado que culminou em não ter uma formação universitária. Talvez, as profissões escolhidas, não foram tantas por vocação, mas sim por necessidade; em que há o destaque para de bancário, oito anos, e vendas que exerci durante várias décadas, de empregado a empregador. Tanto é verdade que "paramos" na terceira série do antigo ginásio.

FB – Já existia nessa fase algum interesse pela literatura e algum incentivo também?

WZ - Quanto à questão da literatura, recordo que gostava muito das aulas de português, quando a professora, colocava aleatoriamente, uma imagem e pedia aos alunos para contarem uma história, baseado na figura que estavam vendo...

FB – Pesquisando sua trajetória aqui no “Recanto das Letras” e o conteúdo de sua obra percebo uma forte ligação com o espiritismo, isto vem da formação familiar ou se deu com o tempo?

WZ - Sou ligado aos estudos da Doutrina Espirita, desde nossa infância, em que devemos o incentivo de um saudoso tio.

FB – Como foi sua chegada ao “Recanto das Letras?”

WZ´- Nossa chegada ao Recanto das Letras, se deu através da nossa filha Vanice. Ela já está no Recanto a mais tempo. Isto tem sido gratificante, nestes dois anos e meio que estou aqui, muito aprendemos e vária amizade fui angariando. O que não deixa de ser muito salutar. – Como foi sua chegada ao “Recanto das Letras”?

FB – Vamos falar um pouco em algumas questões do país: Recentemente um general na ativa defendeu a possibilidade de intervenção militar diante da crise política que toma conta do país, o que pensa dessa questão? É a favor ou contra?

WZ - Fábio penso que hoje a situação de nosso país, é um pouco diferente de 1964... Dois grupos disputavam a influência econômica e politica da América Latina; a então URSS e os EUA... Hoje, apesar de tudo, inflação está sob controle, os empregos estão ressurgindo aos poucos... Quanto a questão política, tem muito a desejar, esta segunda denuncia, é provável que vá se repetir idêntica a primeira, não vai dar em nada... Já estamos na reta final das próximas eleições, talvez para o país, seria menos "traumático", que o atual Presidente, - apesar de tudo - pudesse entregar a faixa presidencial ao novo mandatário...

FB – Tivemos, pela segunda vez, várias denúncias de corrupção no caso Michel Temer que certamente não vá dar em nada porque a meu ver ele tem ás costas quentes e não será atingido com nenhuma punição por seus atos arbitrários em sua gestão. Enfim; Acredita que as investigações vão chegar a algum lugar?

WZ - Praticamente, não de modo proposital, acabei respondendo...

FB – O CCJ apresentou uma proposta para a redução do voto facultativo para 65 anos para ser votada no senado, o que acha dessa questão? Faz questão de votar mesmo o voto sendo facultativo para o senhor? Quem em sua opinião seria um bom representante para governar o país?

WZ - Penso, que numa autêntica democracia, o voto não deveria ser obrigatório, dai sim, teríamos qualidade e não quantidade. Até hoje nunca deixamos de votar, nunca anulamos o voto ou votamos em branco, considero um dever de cidadania, pois nos regimes autoritários isto é vedado.

FB - O que espera o cidadão Walmor Zimerman para as próximas gerações, e o que deveríamos fazer para termos no futuro uma população mais esclarecida e consciente do seu papel na sociedade?

WZ - Cidadania, é um processo lento, de "despertamento" e discernimento, saber separar o "joio" do "trigo", também, - confesso que já fui enganado. - votei em Lula duas vezes e em Dilma uma. Mas quando ouvi a afirmação na TV Educativa, de um militar que foi juíz do Supremo Tribunal Militar, a âncaro perguntou a ele se conhecia algum politico demagogo, respondeu que sim, conhecia muitos e o principal era Lula, pois havia votado nele duas vezes... "Eles" dão migalhas ao povo e fazem o culto do personalismo para se perpetuarem no poder. Que em 2018 não sejamos enganados novamente...

FB – Quais são suas preferências no cinema, tv e teatro? Torce por algum time de futebol?

WZ - Dificilmente hoje vou ao cinema. Teatro raramente. De momento não estou dispondo da TV paga e deste modo é difícil achar algo bom para se ver. Os filmes que passam domingo a uma hora da tarde na Rede Vida, merecem ser visto, pois são vultos eméritos do cristianismo.

FB – Tem alguma preferência na literatura? Dos antigos aos mais recentes quais são suas preferências?

WZ - Gosto muitos dos romances que foram psicografados por Chico Xavier. Um saudoso amigo, lendo o romance Há 2000 Mil anos, teve a paciência de encontrar e um verdadeiro acervo, - os catalogou - de objetos descritos em uso dos romanos, nos anos em que se passa a história, que na realidade é uma trilogia: cuja sequencia é 50 anos depois e culmina em Ave Cristo!...

II
Nessa próxima sequência teremos um jogo de perguntas e respostas mais rápidas e a analise do entrevistado em algumas questões...

FB – Data memorável?

WZ - Natal e Ano Novo

FB – Um livro?

WZ - Paulo e Estevão.

FB– Um sonho?

WZ - Um mundo mais justo e solidário, em que a palavra irmão alcance o seu real sentido.

FB – Um carinho gostoso?

WZ - Um reencontro com pessoas que não vemos há muito tempo.

FB – Personalidade feminina?

WZ - São muitas, e até demos destaque a algumas dedicando, várias crônicas... Mas certamente por um dever de gratidão não posso. Esquecer-se de nossa mãe; muito embora ela se foi quando tinha apenas um ano. Por um dever de gratidão os menciono todas as manhãs, o nosso pai e nossa mãe, em nossa oração matinal, independente de onde estiverem...

FB– Personalidade masculina?

WZ - Um tio de saudosa memória que ficou no lugar de nosso pai.

FB– Um filme?

WZ - Ben Hur

FB– Um exemplo a ser seguido?

WZ - Jesus!

FB – Um lugar?

WZ - O mar

FB – Deus?

WZ - Deus! É sobre tudo Amor!

FB – Família?

WZ - A Família sempre deve estar em primeiro em todas as nossas atitudes.

FB– Um pensamento?

WZ - O Amor é o antidoto de todos os males.

FB – Uma violência?

WZ - Sermos tolhidos em nossa liberdade de ir e vir.

FB – Um medo?

WZ - Ter receio de ofender alguém, em nossas atitudes, mesmo sem este objetivo.

FB – Uma vitória?

WZ - Superação dos reveses da vida.

FB – Uma derrota?

WZ - Não estar aproveitando devidamente o tempo que nos está sendo outorgado.

FB – Brasil?

WZ - Apesar de tudo creio no Brasil, pois é o Coração do Mundo e a Pátria do Evangelho.

FB – Uma música inesquecível?

WZ - O Último dos Moicanos.

FB – Uma mensagem ao “Recanto das Letras?”.

WZ - Aos amigos (as) que diariamente aportam em meu singelo espaço.
"Ansiosamente" todos os dias com sadia curiosidade, vou ver se voltaram...
Alguns até não concordam que aquilo que escrevemos e "defendemos",
Mas, há sobre tudo a compreensão e entendimento, pois é preciso respeitar as diferenças...
Pois, na realidade somos serem humanos, acima de tudo, buscamos as “dimensões da Verdade”...
E uma das maiores virtudes é a compreenção e a eterna busca do aprender...
Um dia, quando não sei, não estaremos mais aqui, para apertar a tecla responder...
"Partimos", para onde? Não sei precisamente, mas até tenho Fé que é um "lugar" melhor que aqui...
Sem violência, descriminações, consoante com aquilo que "sonhamos" e buscamos,
O Amor se antepondo ao ódio, a humildade que sempre ficou acima do orgulho e a vaidade,
O egoísmo vencido pelo altruísmo, pois na realidade todos somos "irmãos",
Em busca da Felicidade...






 
Fábio Brandão
Enviado por Fábio Brandão em 07/10/2017
Reeditado em 07/10/2017
Código do texto: T6135505
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Brandão
Contagem - Minas Gerais - Brasil
2273 textos (438287 leituras)
1 áudios (166 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 04:05)
Fábio Brandão