Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Ensaio, Poemetos & Pequenina MENSAGEM!

                                            Como já dito anteriormente, o que mate-
rializa     o tema ENSAIO é exatamente a divulgação de ideias.  Ao   Es-
criba não pode ser debitado qualquer cobrança de veracidade   no ideário
dos assuntos lançados. Eis abaixo, o ENSAIO e as Poesias:

Título do ENSAIO: "Poderia ter dado certo a Ideia da Fomentação  do 3º REINADO IMPERIAL BRASILEIRO ?"
Inicialmente é necessário mencionar que em sede de Movimentação Polí-
tica há que haver, bons cérebros pensantes; mas a existência dum  Gru-
po político, onde a Chefia desse segmento, tenha credibilidade  perante a população e do espectro social a que se destina. Observa-se   de ime-
diato uma carência; de um forte Militar para dar prosseguimento  na for-
mação do 3º Reinado Imperial no Brasil. Pois, bem, o "ISABELISMO"  ou
seja, o movimento que desejava a Princesa Isabel no comando   do Im-
pério Brasileiro, visto que seu genitor (D.Pedro II, Imperador),    estava
deveras doente e bastante desinteressado em continuar à frente do Im-
pério. Aduz-se que o Marechal Deodoro da Fonseca; já nutria   ambições
na troca do Império por República.     Assim, esse "Recantista/Ensaísta" deixa dito que mesmo que se tenha - difundido e construído   a "Guarda
Negra", composta de negros alforriados, libertos pela "Lei Áurea";  nada disso fora o bastante para concretizar o - Terceiro Reinado em Terras  do Brasil. Ademais, sustentam estudos a respeito do Império Brasileiro que
a Princesa Isabel, não demonstrava habilidade na condução da coisa pú-blica e havia pelas ruas e pela imprensa, uma conspiração   em desfavor ao Reinado Imperial. Os intelectuais Quintino Bocaiúva e José  do Patro-
nio e igualmente André Rebouças, eram abolicionistas;     mas eram mu-
dancistas, viam na permuta do Império para à República, os ventos    da mudança libertária. Também acrescenta-se que as duas agremiações  do
período Imperial (1.831 até 1.888 - 1). Partido Conservador    2). Partido Liberal, não conseguiam mostrar altivez em seus "modus operandi". Para avivar, entenda-se que a Guarda Negra, mesmo  tendo devoção à Isabel e defendendo os interesses na manutenção do Império;  visto que foram
seus membros doutrinados, segundo historiadores, dava-se por escolhas
em sessões secretas, e os convertidos nesse movimento,     juravam de-
fender a Princesa Isabel. Finalmente, por entender  que o ponto principal para a manutenção do Reinado Imperial, passaria   indubitavelmente por
intermédio de alguém de punho forte     e com decisão na Força Imperial
para tanto! Àquele momento, os   Marechais e heróis da Guerra do Para-
guai, Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto bem  como o Coronel   Ben- jamin Constant Botelho de Magalhães, (o idealizador da Repúplica),  de-
sejavam mudanças e não a manutenção do Império, que    entendiam já
estava desgastado em "terras brasilis".

POEMETOS:
(Título: "Sim, Emoção!").
"Sim, Emoção!
Pura Emoção... ao vê-la parar!
Emoção ao vê-la passar!"

(Título: "Banhos de Cheiro").
"Banhos de Cheiro aqui e ali...
Amarguras e má vontades, necessitam dum Banho de Cheiro...
Banhos de Cheiro para o labor e ganhar dinheiro!

(Título: "Atemporalidade do Teu Sensorial").
Sensorial, advéns do que ?
. Do Piramidal? . Do Temporal? . Do Atemporal ?"

(Título: "Después de La Tempestad?")
(Si), después de la tempestad, virá o que ?
. Piano de Cola,
. El Teclado executa una bela canción,
. Oh! Corazón, agradece...".

(Título: "Tua Bela Face").
"Mulher, não tapes tua bela face,
Tua bela face é a tua idade,
Lembrai-vos que tua vaidade não é maior do que tua idade ?
Tua face é o teu mover ?
Tua bela face é o teu querer!"

(Título: "Por una notche").
"Por una notche,
Fiquei sem você,
Olha dia e noite,
Penso em você, intrépida mulher d'ontem e d'hoje".

(Título: "Hei Sheyla...").
"Ei-la-lá, Ei-la-cá,
Hei linda Sheyla,
Abandonarei o amargo ficar, contigo ao teu lado".

(Título: "Odalisca milenar").
"Odalisca Milenar, viestes de outras priscas ?
No Palácio do Sultão, reinas sem oposição,
Tua meiguice a todos entoa...
Aqui fico imaginando: Quero te beijar!
Doce Odalisca, és a isca pra fisgar qualquer coração ?"

(Título: "Living togheter").
"Living togheter or Togheter in one,
Something in air... or in star ?"
 
(Título: "Olhos Olhando...").
"Olhos Olhando você,
Alguém olhando seus lindos olhos...
Ora, se você não olhou os meus olhos...
Alguém olhando você...
Poxa, você não me olhou ?
With your eyes... (com seus olhos...)
Quero você!"
 
(HOMENAGEM, por intermédio dum Poemeto, sob título:"Um Genitor").
 "Ora, certa vez ouvi: Ser Genitor é um martírio...
"Que tamanha desfaçatez, ouvir esse delírio...
"Ser Pai é algo como viver aqui e em outro mundo...
"Ademais, ser Pai é possuir um supremo afeto...
"E sentir o amor dos filhos como vibram as cordas do violino...
"O amor do Pai pelos filhos é algumas vezes: febril e muito intenso...
"Há no riso dos filhos o encanto...
"E no rosto do Genitor um sorriso sereno...
"Como cânticos alados".





 
























 


 



Hooshaham
Enviado por Hooshaham em 12/08/2017
Reeditado em 13/08/2017
Código do texto: T6081959
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hooshaham
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
1775 textos (368943 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 10:47)
Hooshaham